Como calcular o preço de seus produtos de artesanato: matéria-prima

Custos da matéria prima usada para criar uma peça de artesanato

 

Banner Mil Lacinhos

Esse artigo é a primeira parte de nossos temas relativos à formação de preços de seus produtos de artesanato e trata sobre custos da matéria-prima. Lembre de ler os artigos sequenciais para aprender todas as etapas corretamente e formar seu preço. Os links estão no final desse texto.

Vamos usar como exemplo, a Maria Bonequeira, uma artesã que faz bonecas de pano. Você adapta as dicas para o seu caso, ok?

 

Como calcular os custos da matéria-prima 

 

Custos da matéria prima são os valores de todo o material e da mão-de-obra usada para confeccionar cada peça de artesanato.

A Maria Bonequeira usa tecidos, linhas, cola, recheio e enfeites variados para fazer suas bonecas. Quando ela compra material ela anota tudo numa caderneta e grampeia a nota fiscal para não perder o controle. Em seu atelier ela calcula quantas bonecas consegue fazer com o tecido que comprou, quantas gramas de recheio vai usar para rechear cada uma, e define quais enfeites vai usar em cada boneca. Assim ela consegue saber quanto está gastando com o material de cada boneca pois divide o valor de cada item pela quantidade de bonecas que poderá produzir com ele.

Detalhe: materiais como linha e cola que não se podem medir com exatidão devem ser calculados por porcentagem do total do material graúdo utilizado. Uma sugestão da Maria Bonequeira é usar 10% do valor do material para somar no preço de custo da boneca.

Vamos entender melhor:

  • 1 metro de tecido custou R$16,00 e dá pra fazer duas bonecas então cada boneca gasta R$8,00 de tecido.
  • 1 kilo de recheio custa R$15,00 e dá pra fazer duas bonecas então cada boneca gasta R$7,50 de recheio.
  • Cada boneca ganhou 4 botões decorados e uma miçanga grande que custaram R$1,00 o jogo.
  • Se o material graúdo custou R$16,50, então linhas e cola custarão 10% desse valor, que é R$1,65
Somando tudo temos R$18,15 de material para fazer uma boneca, certo?

Agora precisamos somar com esse valor o preço da mão-de-obra para saber quanto custou no total uma boneca.

A Maria Bonequeira calcula a mão-de-obra dela por hora trabalhada. Ela tem muita experiência com costura e faz bonecas de modelos simples, assim decidiu que sua hora de trabalho costurando bonecas valeria R$10,00. Ela leva 1 hora e meia para começar e terminar uma boneca, assim cada boneca vale R$15 reais de mão-de-obra. Somando os R$15,00 da mão-de-obra com os R$18,15 do material, a Maria Bonequeira sabe que cada boneca custa R$33,15

Vale lembrar que esse valor é uma questão muito pessoal, porque depende do nível de complexidade da técnica utilizada e também de como ela é valorizada pelo mercado consumidor. Se a Maria Bonequeira bordasse os vestidos das bonecas à mão, provavelmente sua hora de trabalho seria mais cara assim como levaria mais tempo para fazer uma boneca. Tudo isso elevaria o valor da peça.

O contrário também é verdadeiro. Se a Maria Bonequeira comprar uma máquina mais moderna e diminuir meia hora no tempo que precisa para fazer uma boneca, então o custo vai cair também. Dessa forma entendemos que o importante é saber como o nosso trabalho é considerado pelo mercado consumidor e como se coloca perante a concorrência ao decidirmos o valor da nossa mão-de-obra.

A Maria Bonequeira vende suas bonecas numa feira de artesanato embaladas num saco de papel craft bem simples. É claro que o valor do saco é somado ao custo da boneca. E o mesmo fará você caso use uma embalagem para seus produtos.

 

Dica de ouro 

Para reduzir os custos da matéria prima procure encontrar um bom fornecedor que negocie preços melhores com você para compras em quantidade. Por aí é que você começa a ganhar dinheiro com seu trabalho.

A Maria Bonequeira encontrou uma loja que lhe dá ótimos descontos para rolos fechados de tecido e grandes quantidades de recheio. Comprando com preços melhores ela consegue reduzir os custos de cada boneca tornando suas peças mais competitivas no mercado.

Programe-se e organize-se de forma que possa sempre trabalhar dessa maneira e ver o seu negócio prosperar.

Leia agora:

Como calcular as despesas fixas do seu negócio de artesanato

 

Não copie, compartilhe.

Clique e leia nossa licença com as regras para reprodução.

Você vai gostar também de:

, ,

24 Responses to Como calcular o preço de seus produtos de artesanato: matéria-prima

  1. Sheila Bulhões 14 de abril de 2015 at 21:10 #

    Acabei de conhecer vocês! Estou encantada com a clareza com que explica cada caso.Adoro artesanato.Mais admiro que pratico.Porém o que crio é recheado de muita expectativa e alegria, quando tudo vai adquirindo forma e vida em minhas mãos.É mágico! É encantador!!!! Beijos Sheila Bulhões.

    • Cris Turek 19 de maio de 2015 at 10:43 #

      Sheila com um certo atraso, mas estou aqui pra te dar boas vindas. Um grande beijo e apareça sempre.

Deixe uma resposta

Blog de Artesanato Decoração Dicas Passo a Passo Técnicas Reciclagem