Top Menu

Como bordar usando ponto atrás

Bordado feito usando ponto atrás

 

Hoje é dia de Ponto atrás!

Espero que todo mundo tenha conseguido transferir o risco sem problemas! Se você perdeu essa aula, clique Como transferir riscos de bordados e confira lá também o risco para o bordado da aula de hoje.

 

Ponto atrás é usado tanto em bordados livres quanto em bordados a fios contados. É parte importante dos bordados em Ponto Cruz e Blackwork – veja na foto ao lado.

No momento vamos tratar apenas da execução para bordado livre.

Pontos usados em vários tipos de bordados 

O ponto atrás é usado para contornar e traçar linhas de um desenho. Muito usado nos bordados feitos junto com o Patchwork. É o ponto mais adequado para bordar letras, particularmente quando são muito pequenas e cheias de curvas e ângulos. Pode ser usado também como base para uma grande variedade de outros pontos.

 

Amostra aula de ponto atrás Usado sozinho, como na amostra desta aula, pode se mostrar diferente conforme o tamanho dos pontos, a quantidade e o tipo de fio usado. 

Observem na amostra ao lado a diferença nos resultados:

1 – Fio usado foi Coton Perlé 8 cor 321. Coton Perlé é a linha de “novelinho”

2 – 3 fios de Mouliné DMC 115

3 – 2 fios de Mouliné DMC 115
 
4 – 1 fio de Mouliné DMC 115
 
5 – Alternando dois traços com 2 fios e 1 com 1 fio
 
6 – Tudo com 2 fios de Mouliné

 

Amostra do ponto atrás usando fios diferentes

 

Vamos começar com os materiais usados: Agulha de ponta, fio Mouliné, fio Perlé 8, bastidor, tesoura.

Eu usei agulha Chenille 28 e 26, Linha Mouliné DMC cor 115 (mesclado) e Coton Perlé 8 cor 321, Bastidor Tension Hoop 5″ (plástico). Meu risco foi impresso em algodão cru.

Materiais de bordado separados para iniciar

 

Para o começo vamos usar 2 fios de linha Mouliné, que é formada por um cordão de seis fios.

Deve-se separar apenas 1 fio de cada vez, até tirar os fios necessários para o projeto. Se o número a ser usado for par, dobrar ao meio,de modo a poder usar a argolinha da dobra para arrematar (vamos aprender mais abaixo). Não dobrar se for usar fios multicoloridos.

Com apenas 1 fio, ou sem dobrar deve-se usar arremate posterior (também veremos mais abaixo).

Bordar com fios multicoloridos ou mesclados requer o uso de técnicas específicas, para evitar duas cores diferentes no mesmo ponto, exceto, é claro, quando se pretende conseguir exatamente este efeito. O modo mais fácil de usar estes fios é cortar toda a meada em pedaços de 60 a 70 cm. Separar, sempre um de cada vez, os fios a serem usados. Atenção redobrada para garantir a continuidade das cores.

 

Como escolher a agulha do bordado

A escolha da agulha a ser usada em um bordado deve considerar o tipo de tecido e o tipo de bordado, os fios a serem usados e o efeito a ser obtido.

Um bordado de superfície exige agulhas de ponta, tamanho médio e calibre adequado à grossura do tecido.

A maior parte dos tecidos fica bem com uma agulha de bordar calibre 9. 

 

Atenção: o uso do bastidor é obrigatório e faz um bem enorme para a qualidade do seu trabalho!

O ponto é muito simples, confira no esquema abaixo da esquerda para a direita:

Puxar a agulha na linha do desenho (1) e fazer o ponto para trás (2).

Puxar a agulha novamente pouco à frente do ponto (3), fazer outro para trás inserindo a agulha no lugar de onde saiu o primeiro ponto (4) que é o mesmo lugar de(1). Seguir adiante.

Confira o esquema do ponto atrás

Manter uma boa tensão – nada de pontos frouxos! Não apertar a ponto de deformar o tecido, mas dar um ajuste que seja suficiente para que a agulha encontre o “buraquinho” do ponto anterior. Mais um diagrama do ponto atrás

O tamanho é importante, pontos muito grandes tendem a ser pouco graciosos e pontos muito pequenos dão a impressão de “mastigar” o tecido. Mas, o mais importante de tudo é manter a regularidades dos pontos.

 

Mantenha a regularidade em pontos e tensão

 

Como fazer o arremate posterior

 Insira a agulha distante do início Para começar com arremate posterior entrar com a agulha em local distante daquele em que o ponto vai ser iniciado…
… deixando um bom pedaço de fio “sobrando”.  Deixe uma sobra de fio para trás
Dê o primeiro ponto   Depois iniciar o ponto normalmente.

 

Observem abaixo que a agulha entra exatamente no mesmo local em que o ponto anterior começou.

Iniciando o ponto seguinte Finalizando o ponto

 

 

Como arrematar o ponto do início

 

Lembram que no início ficou uma sobra de linha para trás? Vejam como vamos arremata-la.

Comece puxando o fio para o avesso…  Puxe a linha para o avesso

 

… coloque na agulha e entrelace nos pontos já bordados, fazendo um vai e vem com a linha. Observe:

Retorne o fio para o lado anterior Passe o fio para o outro lado Ponha a sobra de linha na agulha

 

Faça esse vai e vem no máximo 5 vezes.

Corte a sobra do fio desse arremate Corte as sobras depois de feito o arremate.  

 

Todos os arremates de fio são feitos desta maneira, sempre entrelaçando pelos pontos dados, nunca enrolando a linha sobre os pontos ou dando nós.

O arremate posterior é usado quando não temos a “argolinha” que é formada quando se usa o fio dobrado ao meio.

 

Como fazer o arremate da argolinha

Tire apenas 1 fio de linha da meada, com o dobro do tamanho desejado e dobre ao meio. Passe as duas pontas pela agulha. Dobre o fio ao meio e passe pela agulha
Saia com a agulha do avesso para o direito Saia com a agulha do avesso para o direito, no local do ponto…
 …deixando a argolinha no avesso. Fazer o ponto e passar a agulha para o avesso. Deixe a argolinha do avesso
Passe a linha pela argola Passe a agulha por dentro da argolinha… 
 … prendendo o fio. Pronto, ele está arrematado. Puxe a linha para firmar a argolinha
 Continue o bordado normalmente  Continue a fazer os pontos normalmente. 

 

Como colocar outro fio no bordado

 

O fio na agulha acabou, o que fazer? 

Deixe a ponta do fio que está acabando bem visível, no direito do trabalho, de modo a não perder de vista o local em que o novo fio deve sair para continuar o trabalho. Como trocar de fio durante o bordado
Saia com o outro fio no mesmo ponto onde o anterior terminou

Saia com o próximo fio exatamente no mesmo lugar em que está o fio a ser finalizado. 

Isto é muito importante: alguns pontos ficam muito feios se a troca da linha não é feita corretamente.

Continue a fazer os pontos do bordado normalmente e arremate os fios no fim do trabalho conforme a técnica explicada no início.

 

Continue seu bordado normalmente

 

Como bordar uma quina ou virar em ângulo reto

Como bordar uma quina

 

Continue a trabalhar sem alterar o andamento de entrar para trás e sair na frente da linha, mesmo virando a quina. 

Não tem segredo.

Fica um pequeno ponto diagonal no lado do avesso. Avesso da quina bordada

 

Dicas finais

 

Verso do ponto atrás O avesso do ponto atrás é o ponto haste, que fica parecendo um cordão, mais grosso que o direito. Assim todo cuidado na hora de arrematar; evitar fazer mais que um arremate no mesmo lugar. 

 

O arremate entrelaça cerca de 5 pontos, isto é suficiente. Evite atravessar grandes espaços, isto fragiliza o trabalho e pode prejudicar o direito do trabalho. É melhor atravessar pequenos espaços do que arrematar várias vezes.

 

A primeira coisa a fazer para ter um bom avesso é fazer um bom bordado no direito. E não ficar com “Síndrome de Avesso”. Esta é uma doença impeditiva, causadora de danos consideráveis. Avesso do trabalho pronto

 

Ao que parece, o conceito de que a qualidade de um bordado deve ser medida pelo avesso, tem muitos adeptos, particularmente entre as pessoas que não bordam.

A prioridade deve ser sempre o direito do trabalho. Um trabalho cujo direito está bem feito tem, necessariamente, o melhor avesso possível, caso contrário o direito também não estaria bom.

 

Bordando o ponto atrás com capricho

Isto conclui a nossa aula sobre ponto atrás.

Por favor, escolham seus fios, preparem essa etapa, e lembrem-se que vamos fazer um projeto depois com tudo o que está sendo bordado nestas aulas. 

 

O risco para a próxima aula está aqui, clique nesses links para imagens: Risco1 ou Risco2 Essa será a tarefa para a próxima aula: já deixem preparado no tecido.

Informações complementares sobre os materiais usados assim como dicas e links para gráficos e outros tutoriais podem ser encontrados em meu blog, clique, Ofício da Agulha.

A peça de hoje foi bordada por Monica Moura: lindos pontos, ótimo avesso!

Fotos: Monica Moura

Paula Marcondes, professora de técnicas de bordados

Sou Paula Marcondes, colunista de Bordado para a Vila do Artesão.

Acompanhem meus trabalhos lá no Ofício da Agulha.

 

Esse passo-a-passo foi produzido para a Vila do Artesão.

Proibida a reprodução sem autorização prévia. Clique e leia nossa licença.

Você vai gostar também de:

, , ,

30 respostas para Como bordar usando ponto atrás

  1. Mônica 5 de julho de 2012 em 19:19 #

    Opa! Tava ansiosa esperando a aula! Amei

  2. Ro Archela 5 de julho de 2012 em 21:07 #

    Aprendi bordar ponto atrás quando era criança, boas lembranças. Faz muito tempo que não bordo. beijos,
    Blog Agenda de Casa

  3. Jussara 5 de julho de 2012 em 21:33 #

    Paula, embora eu já saiba bordar esse ponto, curti muito a sua aula e vou acompanhar os próximos também. Só não vai bordar quem não quiser! Parabéns!
    Beijos,
    Jussara

  4. Regina Bozza 6 de julho de 2012 em 1:13 #

    Profa. Paula Marcondes é um exemplo de profissional e mestre. Sabe como poucas a arte que encerra a palavra “ensinar”. Seus conselhos, técnicas e talento são tesouros para se guardar. Parabéns!

  5. Katheryne T.R.Correa 6 de julho de 2012 em 11:17 #

    ♥ Estou adorando as aulas de bordado, tem esclarecido muitas dúvidas e me ajudando a relembrar o bordado que ha muito tempo não fazia!!

  6. Selma 6 de julho de 2012 em 12:32 #

    oi hoje tenho 35 anos amava ficar com minha vovó que partiu a 6 anos,a primeira coisa que ela me ensinou foi fazer ponto atrás em guardanapos,na época tinha encontro de bordadeiras aqui na cidade,e eu aprendi com ela o valor de encontrar pessoas,que gostam das mesma coisa que você gosta,depois ela me ensinou os pontos basicos do croche,todos os meu primos ficaram com pequenas coisa de herança quando ela partiu,e eu fiquei com todas as linhas e agulhas que tenho até hoje,pois todas as vezes que ela saia para comprar linha eu ia junto ela trazia varia linhas da mesma cor,faz 6 anos que ela partiu e me deixou com muita saúdade!

  7. Maria José Costa 6 de julho de 2012 em 14:07 #

    AMEI A AULA . MUITO OBRIGADA . BJS .

  8. Nancy 8 de julho de 2012 em 15:35 #

    Muito boas tuas dicas ,eu já sabia fazer mais um capricho é sempre bem vindo!!!

  9. Alayla Fernandes 8 de julho de 2012 em 16:33 #

    ” Maravilha de trabalho Paula Marcondes! Já dei muita aula de bordados
    e sempre procurei facilitar ao máximo para as alunas, assim elas
    ficavam muito mais interessadas com o trabalho e com os rendimentos.
    Parabéns.”

  10. Casinha Fofa 9 de julho de 2012 em 0:26 #

    Paula querida,
    Com sua aula a gente aprende que bordar é verdadeiramente uma arte… Requer capricho, paciência e atenção a muitos detalhes. Estou aprendendo a admirar ainda mais as artesãs que se dedicam às linhas e agulhas.
    Bjs carinhosos,
    Mara Evans

  11. Priscila Volpato 9 de julho de 2012 em 18:18 #

    Simplesmente, adorei!!!

  12. Nilza Maria Mizosoe 10 de julho de 2012 em 12:09 #

    Como sempre, sua aula é impecável!!!!

  13. Paula Marcondes 11 de julho de 2012 em 1:11 #

    Grata a tosas por sua gentileza. Devo dizer que gostei tanto do comentátio da Nancy que publiquei na página do Ofício lá no Face, espero que ela não se importe.
    O comentário em questão é este: “Muito boas tuas dicas ,eu já sabia fazer mais um capricho é sempre bem vindo!!!”. Queria que o mundo todo fosse assim – sabendo fazer mas dando boas vindas a um capricho a mais. Tem dias que o pazer de ser professora é realmente muito grande!

  14. Sandra Santos 11 de julho de 2012 em 22:38 #

    Muito obrigado pela informacao e ajuda. Um abraco, Sandra Santos Boston MA

  15. Denise 17 de julho de 2012 em 20:43 #

    Adorei a aula,já aprendi diversas coisas nessas 2 aulas.
    Gostaria de entender melhor a proposta desta aula:
    1. bordamos todo o risco com 2fios de mouline, ou bordamos como segue o 1° esquema, onde usamos a perle e variamos o fio da mouline?
    2. a margem do risco é bordada? pois na imagem final ela não aparece bordada.
    Beijos

  16. Paula Marcondes 19 de julho de 2012 em 20:42 #

    Vou responder à Denise, que faz ótimas perguntas sobre o trabalho proposto.
    O uso de fios diferentes (perlé ou mouliné) e de diferentes quantidades de fios na agulha serve para mostrar o quanto um mesmo pnto pode dar resultados diferentes com pequenas mudanças. Eu recomendo seguir o esquema que mostra as variações nos fios.
    A margem do risco pode ou não ser bordada, dependendo do acabamento a ser dado. Eu vou usar o 6 trabalhos previstos para este curso em uma montagem que deve ficar bem legal e vou querer fazer acabamentos que requerem a margem bordada em ponto atrás, para todos os projetos. Outras opções para acabamento estão previstas. Divirtam-se, risquem o tecido para a próximna aula! Beijos a todas.

  17. Karini 20 de julho de 2012 em 12:55 #

    Tua aula é super didática. Eu adoro bordar, mas creio que mesmo quem nunca o fez vai conseguir, porque teu passo a passo é muito fácil de seguir. Adorei!

  18. seila silveira 22 de julho de 2012 em 13:20 #

    Maravilhoso. Vou tentar fazer. Abraços

  19. doralice ferreira 29 de julho de 2012 em 14:11 #

    Adorei a aula, muito bem elaborada,fácil de aprender.Agradeço muito.

  20. Denise 14 de agosto de 2012 em 9:04 #

    Olá Paula, estamos aguardando ansiosamente pela próxima aula. Quando virá?
    Beijos

  21. Cris Turek 17 de agosto de 2012 em 20:24 #

    Denise a Paula se encontra adoentada. Em breve ela retornará. beijos.

  22. Denise 18 de agosto de 2012 em 0:07 #

    Olá meninas, desejo um pronto restabelecimento para Paula e estamos por aqui. Bjs

  23. yoana 20 de agosto de 2012 em 14:56 #

    eu adorei,pois gosto muito de bordar ,embora eu ainda não saiba bordar tão bem,mas eu adoro!

  24. KAREN DISLEY 17 de setembro de 2012 em 9:30 #

    ESTOU AMANDO ESSAS AULAS DE BORDADO, QUE BOM EXISTIR PESSOAS QUE COMPARTILHAM SEUS CONHECIMENTOS, MUITO OBRIGADA!
    BJS!

  25. Angel Cruz 21 de setembro de 2012 em 14:27 #

    Sei fazer esse trabalho de bordados mão livre.Adoroo.Inclusive estou de repouso e para distrair estou bordando uns panos de prato para o dia-a-dia.Muito charmoso fica adoroo demais.E as dicas do Vlia do Artesão ai arrasa.:)

  26. Paula Marcondes 28 de setembro de 2012 em 22:28 #

    Obrigada a todas que acompanham e comentam os tutoriais. Espero que estejam gostando e não deixem de acompanhas as informações complementares no meu blog.!

  27. Telma 5 de abril de 2013 em 14:22 #

    Paula, obrigada pelas orientações de bordados. Eu aprendi a bordar desde meus 6 ou 7 anos, já estou com 56, logo… faz tempo. Mas não dediquei minha vida ao bordado, segui por outros caminhos, o tear de pente liço é uma de minhas paixões. Agora senti necessidade de uma reciclagem, essa ajuda você faz com maestria.
    Abraços,
    Telma

  28. Mariana 2 de maio de 2013 em 17:31 #

    Olá! fiquei super interessada no projeto. como encontro as demais aulas?

  29. Marcia 23 de julho de 2013 em 11:49 #

    Oi Paula,
    Comprei o kit básico e achei aqui as aulas que vc falou. Baixei os riscos e vou começar.
    Adorei as aulas.
    abraços

  30. Kátila 2 de março de 2014 em 4:07 #

    O passo-a-passo é ótimo! já estou praticando. O que eu gostaria de saber é o nome da fonte em que foi escrito “ponto atrás”. Obrigada.

    Bjs

Deixe uma resposta