A artista é a Débora que inseriu a chita no mundo da moda Hi-Lo

Frente do vestido com chita
Costas do vestido com chita

A Débora tem uma história de romper paradigmas pessoais. De São Paulo para Florianópolis, da Comunicação Visual para o Design de Moda. A veia artística pulsou nela desde sempre, mas com a entrada nos 30 anos, decidiu que era hora de realizar velhos sonhos.

Vendeu sua empresa, terminou a faculdade de Moda e reiniciou a profissão em sua nova empresa, agora com a moda fazendo parte definitivamente de sua vida. Contratada por uma cliente para criar uma roupa para um baile tradicional de sua cidade, ela aceitou o desafio e o resultado aí está,como ela diz, Hi-Lo. Vou deixar a Débora mesma contar:

Saí de processos de produção totalmente digitais que usava para comunicação visual e parti para processos manuais: corte, costura, pintura, sem muita tecnologia.
Eu tinha preconceito com coisas artesanais, e só valorizava a arte conceitual.
Nunca havia prestado atenção para a Chita, considerava um tecido pobre, e além disso, eu achava a estampa brega também.
Com uma tendência pessoal para tecidos finos e modelagens de alfaiataria, estava fazendo vestidos para festa. No início de março, uma cliente chegou com um corte de Chita, me pedindo uma roupa para um baile do Hawai, uma festa que ela e as amigas organizam todos os anos e que é um acontecimento para o grupo. Achei um verdadeiro desafio e resolvi superar meu preconceito.
Fiz um trabalho que ficou lindo, e muitas pessoas gostaram, inclusive eu adorei.!!!
Gostaria de mostrar esse trabalho e vou seguir no meu processo de quebra de paradigmas.(…) Agora quero apenas ver minhas clientes felizes com os resultados criativos, aproveitar a natureza que Florianópolis ainda me oferece, olhar mais para a cultura brasileira,  desenhar, modelar, costurar, pintar… e ser feliz antes que os sonhos morram e a vida acabe.

Detalhes do Busto do vestido de chita
Detalhes das costas do vestido de chita
Detakha da lateral do vestido de chita

E sobre o vestido ela acrescenta: “É como se as flores saíssem da saia flutuando e subissem pelo corpo…o amarelo do top é seda…pura, eu tinha um retalho aqui – 100% seda + moirê 100% algodão.
Então você tem uma proposta Hi-Lo ou seja high and low,  luxo e lixo…..juntos na peça….
Antes de acabar eu achei o look todo muito chitão demais sabe? Para quebrar um pouco essa estampa fiz uns movimentos com fita mimosa preta, de forma bem livre, sem molde nem desenho, diretamente na máquina de costura. Nesse momento senti que a confecção da roupa estava sendo artística
.”

Precisa dizer mais? Fica a dica. Contatos com Débora no [email protected] 

Fotos cedidas pela Débora Regina

Não copie, compartilhe.

Clique e leia nossa licença com as regras para reprodução.

Você vai gostar também de:

, , , , , ,

7 Responses to A artista é a Débora que inseriu a chita no mundo da moda Hi-Lo

  1. BEATRIZ TRINDADE 7 de dezembro de 2012 at 21:23 #

    Debora Regina tudo bem?
    Você já fez tintura em corte de chita?

  2. debora regina queda 23 de outubro de 2010 at 11:26 #

    Olá, estamos aceitando encomendas para esse vestido para festas de final de ano, ou nas festas do hawai que antecedem o carnaval. consulte: http://www.hhbrasil.com.br/product_info.php/cPath/137/products_id/2344

    beijos mil e seu blog continua lindo, adorei as casinhas no rodapé!!!!

    Tá publicado Débora, boas vendas de final de ano. Beijos.

  3. Alexandra Medina 28 de novembro de 2009 at 8:39 #

    nossa…estava buscando na internet algumas coisas e encontrei por acaso esse post. Débora que saudade!!! adoro suas criações também. Os colares lindos e tudo que vocÊ faz…beijos amiga

  4. carol 15 de julho de 2009 at 21:27 #

    adorei ver meu vestido aí…adoro o seu trabalho Debora…não é a toa que compro quase tudo … beijos

    • Cris 15 de julho de 2009 at 21:30 #

      Então Carol, você é a responsável pelo rompimento do preconceito da Debora com a chita?
      Parabéns por ter sido esse instrumento de inspiração para ela. O vestido ficou lindíssimo.

      Um abração,
      Cris Turek

  5. Débora Regina Queda 8 de julho de 2009 at 22:51 #

    Puxa, fiquei emocionada quando li o post. De verdade na correria do dia a dia havia me esquecido desse momento tão mágico. Adoro o blog de vocês tem tanta emoção e tanta gente criativa. Ah! ontem eu votei para o TOP blog 2009. Boa sorte!!!!

    • Cris 8 de julho de 2009 at 23:32 #

      Débora, sorte pra você também, especialmente nessa sua nova fase profissional. O seu blog é delicioso, e quando você grita Socorro, Popeye, eu quase morro de rir. Qualquer novidade entro em contato, e continuo à sua disposição. Assim como o Blog da Vila.
      Um abraço apertado,
      Cris Turek

Deixe uma resposta