Aproveitando espaços improváveis

Móvel em estilo provençal com cestas organizadoras de espaço 

Você já tentou encaixar 400 m² em 120 m²? Impossível, não é? Só aproveitando espaços improváveis.

Pois eu estou em meio a esse desafio incrível. Quando saí de Curitiba, trouxe comigo apenas meus objetos pessoais, aqueles de valor afetivo, o que já não era pouca coisa. Agora que saímos de uma loja muito ampla para um espaço menor, o volume da mudança aumentou e estou no meio dessa tormenta: como fazer 400 caber em 120.

Armário dupla-face organiza espaço para duas pessoas

Imagino que muitas pessoas passem por isso alguma vez na vida, e precisem de soluções inteligentes para resolver essa questão. Achei na Small Places Style e na Desire to Inspire algumas idéias legais, das muitas que há, que são: as cestas organizadoras que podem ser usadas em qualquer cômodo na falta de armários e prateleiras (solução que funciona de verdade), o uso dos espaços dos degraus da escada (dica velha conhecida, mas super funcional) e a dica do armário de escritório dupla face também com cestas organizadoras.

Na foto do banheiro, as cestas aproveitam o espaço nulo sob o aparador, que foi transformado em suporte para a pia (reparem no estilo provençal do móvel branco).

Na dica da escada os vazios entre os degraus foram usados tanto para guardar objetos na prateleira com porta e nos gaveteiros, como para decorar (aliás com uma simplicidade que é o toque do bom gosto). Na solução do home office, a dica da prateleira dupla-face cria condições para duas pessoas trabalharem num pequeno espaço, sem a sensação de estarem amontoadas.

Espaço vazio dos degraus usado como gaveta, prateleira e decoração

 

Algumas dessas idéias eu já coloquei em prática, e você? Tem alguma dica para compartilhar conosco? Escreva e conte.

Não copie, compartilhe.

Clique e leia nossa licença com as regras para reprodução.

Você vai gostar também de:

, , , , ,

7 Respostas para: Aproveitando espaços improváveis

  1. Cristina moura 28 de setembro de 2010 at 9:41 #

    Bom dia!!

    Desculpe não me expressei de forma correta!!
    Não sei se você pode me ajudar!! mas com vários materiais que usam papel(decoupage),chinelos,madeira,velas,etc…
    Bem tenho, vejo na tv, na internet as pessoas fazem e fica expetacular, os meus ficam cheios de bolha, faço como com está explicado, mas parece difícil não deixar marcas.Qual o segredo para aquela caixa de chá, ficar perfeita, sem nenhuma marca, ou bolhas.
    Obrigada desde já pela atenção

    Primeiro você precisa usar a cola apropriada para a decoupagem. Depois aplicar a cola no verso do papel que vai aplicar e ao colar passar o pincel do centro da figura para fora, suavemente para retirar qualquer bolha de ar. Não tem porque criar bolhas, e a técnica é apenas essa. Experimente trocar o material. Boa sorte.

  2. Cristina Rezende de Moura 25 de setembro de 2010 at 14:09 #

    Oi tudo bem? só gostaria de uma dica. Como faço para tirar as bolhas do papel.Já experimentei fazer de tudo!! não consigo!!

    Querida me ajude, onde e como você está usando o papel? Não consegui entender a ligação com esse artigo.Aguardo.

  3. salete 17 de janeiro de 2010 at 9:59 #

    Minha escada tem linhas curvas pois nao é só madeira sera que da pra fazer algo parecido?ache muito bom o espaço.

    • Cris Turek 18 de janeiro de 2010 at 16:07 #

      Salete, isso vai depender de ter um bom marceneiro, mas acho que é possível sim.
      De qualquer forma é bom consultar um profissional, certo?

  4. Rita 25 de junho de 2009 at 13:32 #

    Gostaria de ver os modelos de cestas ou caixas que vcs possuem. E saber se vcs vão participar da Feneart-PErnambuco?

    • Cris 25 de junho de 2009 at 13:37 #

      Olá Rita, tudo bem?
      A Vila do Artesão não produz essas peças mas posso fornecer o contato das associações que trabalham com cestaria aqui na Paraíba.
      Assoc. dos Artesãos de Massabielle – (83) 3361-7024 / 9115-6413
      Assoc. dos Moradores de Cuiuiú – (83) 3310-9034 / 3333-1481
      E esse ano não participaremos da Rodada de Negócios, mas com certeza visitaremos a feira.
      Um abraço,
      Cris Turek

  5. Charles Aalves 7 de maio de 2009 at 10:23 #

    A solução embaixo da escada é formidável, e ja havia me passado pela imaginação. A idéia aqui em casa, é resolver problemas de acomodação de bagagem e objetos de decoração em um pequeno quarto de hospedi localizado bem a baixo da escada. Acho que recebi telepaticamnete essa comunicação. Realmente é imprecionante, inclusive o acabamento.
    Parabens pelo projeto.

Deixe uma resposta