Café e garrafas térmicas

Garrafa térmica, prática mas não ideal para o café

O dia-a-dia, o corre-corre, não tem jeito. Tudo precisa ser prático e fácil. Nem o cafezinho escapa dessa regra desagradável da vida atual. E ninguém consegue passar um dia inteiro de trabalho sem tomar pelo menos uma xícara de café. Também não é todo local de trabalho que dispõe de uma boa máquina de café, que faça um delicioso café na hora, ao gosto do freguês. O normal é encontrarmos as garrafas térmicas com a bebida pronta sabe-se lá a quanto tempo. O que fazer?

Se é inevitável fugir da térmica, a regra é sempre lavá-las muito bem, mas muito bem mesmo, e usar a garrafa do café apenas para café. Mas não esqueça o mais importante. Nunca armazene o café na garrafa já adoçado. Por que? O açúcar em contato com a bebida quente cria uma crosta de caramelo de gosto desagradável nas paredes da garrafa térmica que alteram todo o sabor do café. As dicas são essas, mas não esqueça, o café fresco é sempre o melhor, pois como eu já disse aqui, o café oxida rapidamente.

Um abraço.

, , ,

2 Responses to Café e garrafas térmicas

  1. Pedro 28 de junho de 2011 at 12:59 #

    Aqui em casa nunca encontramos uma garrafa decente. Alguma indicação?

    • Cris Turek 28 de junho de 2011 at 15:39 #

      Não sei indicar Pedro, não temos o hábito da garrafa térmica. Fico devendo.

Deixe uma resposta