Como bordar o ponto corrente

Aprenda a bordar o ponto corrente

O papo de hoje é dica dupla. Enquanto eu vou te ensinando a bordar o ponto corrente vou te dando dicas de como montar um bastidor de bordado para decorar suas paredes.

E ainda dou um risco pra você testar o ponto até ficar bem certinho e no fim presentear sua mãe, no dia das mães, no aniversário dela, ou em outra data especial. Gostou, né?  🙂 

Então vamos falar primeiro do ponto corrente. Porque este ponto?

O ponto corrente, também conhecido como ponto partido ou ponto elo, é mais fácil de bordar quando somos iniciantes. Outro detalhe: fica perfeito em letras, palavras e frases. E também em riscos de traços bem definidos.

Para estes tipos de traços podemos usar também o ponto atrás e o ponto haste, mas ambos exigem mais capricho para que fiquem perfeitos. Por isso optei pelo corrente: pra você não desanimar e bordar seu bastidor.

Quer ver? Então venha. E ó……tem vídeo do ponto lá no final, pra te ajudar  😀 

 

Como bordar o ponto corrente

 

Separe os materiais

Vamos precisar de:

Estou usando toda a linha de produtos da Círculo, nossa apoiadora. São de excelente qualidade e tem várias opções pra atender seu projeto. Conheça a linha de fios para bordar, clique no botão abaixo:

Catálogo de cores Maxi Mouliné

 

Optei por um tecido com estampas miúdas que não interfiram no bordado e escolhi uma cor de fio que dará vista, mas é sempre uma questão de gosto pessoal. Siga as suas preferências.

Aula grátis

 

Risque o tecido

Usando o bastidor pra demarcar a área de bordado, risque com uma caneta própria para patchwork, pelo lado de dentro. Eu estou deixando uma margem de 10cm de tecido ao redor de todo o bastidor. Já, já você vai entender o porquê. Faça isso também.

 

Imprima o molde

Clique na imagem acima, imprima o molde em 100% do tamanho. Ele ficará como o da foto. Se o seu bastidor for maior ou menor, ajuste a porcentagem da imagem. Depois transfira o risco para o tecido do jeito que preferir. Leia dicas a respeito aqui.

 

Risco transferido

O que teremos será exatamente isso. Lembre que os traços feitos com a caneta para patchwork saem com o ferro de passar, ok?  😉 

 

Passe a agulha

Antes de começar tenha um bastidor para usar como bastidor mesmo. Auxilia muito e o bordado fica muito mais bem feito.

Também separe os fios da sua meada. O fio Maxi Mouliné é composto por 6 linhas. Eu separei 3 das seis e coloquei na agulha. Se quiser um ponto mais grosso, use mais linhas.

Feito isso, passe sua agulha de trás do tecido para a frente, bem no início do desenho. 

 

Primeiro passo ponto corrente

Volte a agulha no mesmo furo por onde ela entrou e retorne com ela um pouco à frente no risco.

 

Segundo passo ponto corrente

Puxe o fio cuidando para que ele fique no centro do elo que se formou.

 

Passo três do ponto corrente

Puxe o fio até formar o pequeno elo sobre o tecido. Não puxe demais ou vai parecer um nó. Posicione o fio no sentido do risco do desenho e repita.

 

Repetição ponto corrente passo um

Volte a agulha no ponto onde ela saiu, agora já no centro do primeiro elo. Retorne logo a frente no risco. Agora o desafio é fazer pontos com tamanhos uniformes  😉 

 

Repetição ponto corrente segundo e terceiro passo

Puxe o fio formando o elo e finalize até que esteja rente ao tecido.

Repetindo

 

Terceiro ponto

Observe: insira a agulha no mesmo ponto onde ela saiu, ou seja, bem no centro do último elo.

 

Terceiro ponto etapa dois

Retorne com a agulha exatamente no risco do seu desenho, mantendo a uniformidade dos pontos. DICA: eu gosto de segurar o fio ao lado com o polegar, como você vê na imagem. Assim ele não ajusta nem afrouxa, ficando sempre igualzinho.

 

Terceiro ponto etapa três

Agora é só puxar o fio cuidadosamente até formar o elo.

 

Finalizando o ponto corrente

Ajuste o ponto rente ao tecido e siga adiante. Divirta-se com o risco  🙂 

Ficou em dúvida? Assista ao vídeo:

Montando o bastidor

 

Montando o bastidor

Olha aí o bordado pronto: viu como dá vista e fica perfeitinho? É fácil, tente e me conte.

Pra montar o bastidor você vai cortar um círculo na manta acrílica usando o lado interno do bastidor como medida. E também  vai cortar um círculo no feltro, mas agora usando o lado externo como medida.

Observe que eu já removi as marcas dos riscos da caneta de patchwork. Usei o ferro de passar para isso.

 

Posicione o bastidor

Posicione o bastidor e encaixe o seu bordado.

 

Forre com a manta

Pelo lado do avesso, encaixe a manta acrílica no miolo. Isso vai dar estrutura ao seu bastidor.

 

Alinhave o tecido

Como se fosse um grande fuxico, alinhave todo o contorno do tecido.

 

Feche o alinhavo e arremate

Feche o alinhavo e arremate a costura, como na imagem.

 

Posicione o feltro

Agora posicione o feltro, alfinete para que fique firme no lugar, e comece a bordar um caseado em todo o contorno.

 

Ponto caseado

Ao bordar costure o feltro junto com o tecido que está atrás.

 

Prenda um lacinho

Pra fazer a tarefa de ganchinho, corte uma pequena tira de fita de cetim e costure no feltro, numa posição afastada da borda, mas centralizada em relação ao bastidor.

 

Aplique um pingo de cola

Claro que a gente quer um acabamento mais bem feito, então pingue cola de silicone líquido na sua costura e…..

 

Cole uma mini rosinha

Cole uma mini rosinha, ou um florzinha de feltro ou um botãozinho. O carinho está nos detalhes.

 

Bastidor bordado ponto corrente

Prontinho pra ir pra parede.

Viu como fica bem definido e sem “torturas” no caminho da agulha  😛 

Então….é por isso que eu sugiro este ponto quando for bordar projeto semelhantes.

Agora quero ver o seu, combinado?

Por fim,

eu quero acrescentar que existem muitas variações sobre o ponto corrente, algumas bem elaboradas e para efeitos variados. Comece com o básico e depois parta para projetos em patamares mais acima.

E não deixe de ver minhas outras dicas de pontos para iniciantes. Use o campo de pesquisa com os termos ponto ou bordado  😉 

A Círculo patrocina tutoriais da Vila e garante que você tenha acesso à paps como este. Retribua, visitando o site e conhecendo as receitas e toda a linha Círculo.

Fotos: Cris Turek

 

Não copie, compartilhe.

Clique e leia nossa licença com as regras para reprodução.

Você vai gostar também de:

, , , , , ,

4 Responses to Como bordar o ponto corrente

  1. Fátima 11 de maio de 2017 at 13:50 #

    Bom Dia,

    Obrigada pela dica, adorei aprender a bordar ponto atrás.

    Fátima Fortes
    Curitiba/PR

    • Cris Turek 11 de maio de 2017 at 17:18 #

      Aproveite bastante, Fátima 😉

  2. Andrea Zapparoli 10 de maio de 2017 at 18:35 #

    Adorei!!! Vou dar uma oficina dessa numa feira… pra espairecer… as clientes vão amar!!! Gratidão infinita por compartilhar. Bjks da Zappa

    • Cris Turek 10 de maio de 2017 at 18:53 #

      Que show Andrea. Sucesso pra você 🙂

Deixe uma resposta