Como fazer um chapéu de praia de tecido

Como fazer um chapéu de praia de tecido

Como fazer um chapéu de praia de tecido

É assim mesmo, chega a primavera, o primeiro feriadão, e percebemos que precisamos de peças básicas pra encarar o sol. Fora o protetor solar, um bom chapéu de praia é super importante.

Aqui nas minhas bandas nordestinas (aí na sua também), o sol frita miolos, então fui procurar por um molde de chapéu de praia de tecido, que fosse charmosinho. Ué…..a gente é artesã pra comprar boné made in China? Não, né? Bora fazer um chapéu.

Encontrei um molde de chapéu de praia dupla face, com aquela pinta de Jane Fonda anos 70, e adorei. Fui nele com tudo, e vou compartilhar com você as etapas e o resultado com minhas observações e descobertas.

Eu já estava com um tecido de algodão da Círculo, com pegada de verão tropical, separado pra este projeto, e combinei com um algodão cru liso, mais firme, pra proteger melhor do sol. Veja como foi.

 

Como fazer um chapéu de praia

 

Primeiro vamos aos moldes.

Eu falei que encontrei o molde num site, e foi no site da Martha Stewart. Os moldes precisam ser emendados, e cada uma das páginas possui marcações para encaixar e alinhar corretamente as emendas. As imagens se sobrepõem, é só posicionar as marcas corretamente. É fácil; precisa de atenção mas é super normal. 

Molde do topo e da lateral

Temos o molde do topo do chapéu, e o molde da lateral da cabeça, que vem em 4 partes, é só imprimir no tamanho original. Quando você montar vai ficar assim.

 

Molde da aba do chapéu

E este é o molde da aba do chapéu. Imprima do mesmo modo e monte as 9 partes observando a sequência e as marcações das páginas.

DICA

Aqui tem um detalhe que observei na hora de montar. Esta aba vem numa largura muito grande pro nosso gosto brasileiro, e de verdade, eu só entendi isso quando já estava finalizando o meu chapéu.

Como eu precisei ajustar diminuindo o excesso, sugiro que você reduza na hora de riscar, a largura da sua aba, caso queira que fique como o meu ficou. No caso, reduzi 3cm da borda mais externa pra dentro. E aí ficou ótimo.

É questão de gosto, até porque se você quiser um modelo daqueles tipo glamourosos e elegantes, a aba mais larga combina. Teste e escolha  🙂 

 

A montagem

Posicione os moldes no tecido

Recorte seus moldes e, o ideal, transfira para um papel mais grossinho. Assim poderá usar várias vezes.

Cada um dos moldes possui flechinhas cruzadas indicando o sentido que o tecido trabalha. Posicione-os respeitando esta indicação, risque e corte. Não precisa deixar margem de costura, ok? Ela já esta considerada no molde.

 

Costure a lateral do chapéu

Vamos começar costurando a lateral do chapéu. Junte as bordas, direito com direito e faça uma costura no tamanho de um pé de máquina. Abra a costura com o ferro.

 

Marque o topo

Marque as metades do topo com uma caneta mágica, porque isso vai te ajudar muito na hora de montar. Aliás, faça isso com a lateral também, tanto do lado que emenda com o topo quanto do outro.

 

Prenda o topo na lateral

Usando as marcas que acabamos de fazer, prenda o topo na lateral mais estreita. Depois passe uma costura de um pé de máquina por toda a borda.

Aqui, por conta da curvatura da lateral, em alguns pontos você terá pequenas preguinhas. Por isso é importante alfinetar corretamente antes de costurar, para que as preguinhas fiquem bem distribuídas. Se você é fera na costura, vai conseguir costurar praticamente sem deixar pregas  😉 

 

Corte o excesso

Costurou? Agora corte o excesso do tecido com uma tesoura de picotar ou faça piques por toda a volta, pra desvirar bem certinho.

 

Costure a aba

Na sequência vamos para a aba. Junte as bordas da aba e costure com um pé de máquina. Abra a costura e faça as marcações das metades também na aba. Alinhe estas marcas com aquelas que estão na lateral do chapéu, alfinete tudo e costure novamente com um pé de máquina.

Depois corte o excesso ou picote todo o contorno que acabou de costurar. Já temos uma face pronta.

Repita

Repita com o outro tecido

Feita uma parte, repita tudo novamente com o outro tecido. Como eu disse antes, eu optei por um algodão cru para a dupla face, porque além de proteger melhor do sol, ele também tem mais estrutura pra deixar o chapéu com a aba firme.

Se por um acaso você optar por outro tecido de algodão igual ao primeiro, a dica é aplicar entretela termocolante na aba. Isso vai garantir esta firmeza que estou mencionando.

 

Encaixe as partes

Agora é simples. Encaixe as partes, direito com direito, alinhe as emendas para que fiquem perfeitas, prenda com alfinetes por toda a borda e costure com um pé de máquina. Retire o excesso do mesmo modo ou faça os piques de sempre.

Deixe uma abertura pra desvirar que depois você fecha com pontos invisíveis.

 

Lado estampado chapéu de praia

E aí está o lado estampado do meu chapéu de praia, totalmente verão tropical na estampa digital limões da Círculo.

 

Lado liso chapéu de praia

E aqui está o lado liso, em algodão cru, bem resistente pra ir pra praia ou pra piscina. Só precisando de um ferro de passar  😛 

 

Cris Turek testando seu chapéu de praia em tecido

E eu aqui testando, branquela, precisando achar um tempo pra pegar um solzinho, porque o chapéu agora eu tenho  😀 

Por fim

Em resumo, eu curti o molde, com o ajuste ficou do jeito que eu queria e com as estampas que temos podemos criar nossa linha praia particular. Quem não gosta, né?

Aliás, este chapéu de praia tá pedindo uma sacola de praia. O que acha? Levanta a mão quem quer um passo-a-passo \o/

Caso você queira os moldes para fazer o tamanho infantil, clique aqui para os originais da Martha Stewart.

A Círculo patrocina tutoriais da Vila e garante que você tenha acesso à dicas como esta. Retribua, visitando o site e conhecendo as receitas e toda a linha Círculo.

Fotos: Cris Turek

 

Não copie, compartilhe.

Clique e leia nossa licença com as regras para reprodução.

Você vai gostar também de:

, , , , , , , ,

2 Responses to Como fazer um chapéu de praia de tecido

  1. cleones 22 de outubro de 2017 at 9:27 #

    ola muito bom adore as dica vou testa aqui

    • Cris Turek 24 de outubro de 2017 at 11:46 #

      Legal Cleones 😀

Deixe uma resposta