Como transformar um carretel com pintura estêncil

Como transformar um carretel com pintura estêncil

O papo de hoje tem vários lances dramáticos e vou contar todos, só que o importante mesmo é que você pode ver como eu fiz para transformar um carretel usando pintura estêncil, e depois reproduzir algo por aí.

 

O mais legal? Em vídeo……….sim, fiz um vídeo e este é um dos lances dramáticos e cômicos pra contar junto com o passo-a-passo  😀 

Pra não ficar nenhuma dúvida, eu também fiz fotos de todas as etapas, assim vamos conversando em cada fase e respondendo perguntas. Combinado?

O carretel

O primeiro lance dramático, e engraçado, é sobre o descarte deste carretel. Ele veio do lixo, #sqn  😉 

Minha amiga Cibele era a feliz proprietária do carretel. Mas eis que ela enjoou dele……..enjoou muito. Como pessoa consciente do descarte correto, a primeira coisa que ela fez foi perguntar aos amigos se alguém queria o carretel.

E alguém disse que queria, mas nunca ia buscar. Pois é, rsrsrsrs 

Um belo dia Cibele avisa geral por WhatsApp: tô pondo no lixo em 5 minutos. Quem quiser venha buscar ou per-deu!!!  😯 

Obviamente em 5 minutos Marcelo maridão tava lá dando um jeito de colocar no carro e trazer. E assim chegou aqui no atelier…..ebaaaaa…. \o/

Carretel de fio usado

Chegou um pouco diferente disso, com um papelão pregado cobrindo os buracos. Bem ali onde você vê as marcas de tinta preta.

O outro lance dramático desta transformação tem a ver com o vídeo. Acredite mas este material foi produzido um ano atrás  😆 

Bem exato? Em março de 2016. Fizemos o passo-a-passo com o vídeo e estava tudo quase pronto, faltando apenas a edição do áudio pra terminar e postar. Neste pequeno intervalo tivemos um “probreminha”  com o editor e ficamos sem o áudio. Só com partes dele, pra ser bem honesta.

Sabe quando desanima? Desanimou!!!!!

Por isso você me vê de cabelos compridos no vídeo……ainda, rsrsrs Bom que não desistimos de vez, e agora retomamos o material, com um novo editor de vídeos, e finalizamos….yeahhhhh!!!!

Quer dar uma conferida rápida em todo o processo? Assista ao vídeo clicando abaixo e já aproveita pra assinar meu canal, faz favor 🙂

 

 

 

Depois volte aqui e veja tudo bem detalhado, pra tirar alguma dúvida que ficou. Pode escrever também e perguntar, ok?

 

O passo-a-passo

Lixe o carretel

Eu já tenho uma lixadeira pra fazer estes projetos, mas nada impossível de lixar na mão. Comece com uma lixa grossa para madeira e remova as marcas e manchas que houverem. Lixe a parte de baixo também.

 

Termine de lixar

Termine de lixar trocando para uma lixa fina que vai dar aquele acabamento legal na superfície. Lembre que você vai usar como mesa, então capriche.

 

Aplique anti-ferrugem

Lixado e limpo, o carretel ainda precisa de cuidados nos parafusos. Os do meu estavam horrorosos de ferrugem, então apliquei Armatec conforme o fabricante indica na embalagem.

 

Passe stain

Tuso resolvido, vamos trabalhar a madeira que precisa de proteção e uma renovada na tonalidade. Optei por um Stain de acabamento acetinado e tom natural de madeira. O Stain age como um protetor e recupera a vida da madeira já na primeira demão.

 

Aplique em tudo

Aplique duas demãos pra ficar bem protegido e aguarde secar. Lembre de aplicar em todo o carretel.

 

Fixe os rodízios

Agora vamos fixar os rodízios pra deixar o carretel bem mais fácil de deslocar. São apenas 3 rodízios para um carretel, não esqueça. Senão ele não avança direito. 

Posicione o rodízio onde deseja, marque os pontos das furações e fure. Depois prenda os parafusos apertando bem. Usei parafuso francês com porca sextavada.

 

As máscaras de estêncil

Passei muitas horas pesquisando referências até decidir de que modo iria transformar o carretel. Queria algo com raíz na cultura nordestina, tão alto astral e solar.

Decidi por uma frase de um forró clássico, com toque de xilogravura.

Imprima o texto

Como era um texto ficou mais fácil. Fui para o computador, escolhi as fontes, defini os tamanhos das letras e imprimi tudo. 

Algumas palavras couberam numa folha de A4, mas as letras maiores foram impressas uma a cada vez.

 

Letras impressas

Agora era partir para a confecção das máscaras. Para isso uma base de corte ajuda demais.

 

Use papel cartão

Para as máscaras precisamos de um papel de boa gramatura, mais grossinho e fácil de cortar ao mesmo tempo. Se você for comprar, opte pelo duplex ou pelo papel cartão gramatura 200g. 

Eu tinha um cartaz antigo de propaganda, que me serviu bem neste dia, então economizei um troco  😎 

 

Posicione letras

Posicione as letras no cartão lembrando que você vai precisar de uma margem ao redor. Fixe com um fita adesiva e encaixe um papel carbono por baixo.

 

Transfira a letra

Transfira o desenho das letras para o papel cartão. 

 

Recorte a letra

Com uma régua de metal e uma faca estilete, recorte vazando o desenho das letras, igual você vê aí na imagem.

 

Recorte com uma moldura

A parte que vamos usar é esta, com o vazado. E vamos precisar de uma sobra de papel em todo o contorno, então recorte com uma boa moldura ao redor.

Você vai fazer com cada uma das letras do texto. Calma…..é até divertido  😉 

As letras que tem miolo como a letra A você deve recortar e guardar o miolo para montar depois. Veja melhor esta situação no vídeo.

 

Montando as máscaras

Cole as letras na superfície

Agora é hora de montar o texto sobre o carretel e começar a dar cara para o projeto.

Eu usei fita dupla face para fixar as máscaras no carretel, especialmente nos cantinhos e dobrinhas. Para máscaras menores eu usaria cola permanente, mas como era muita coisa optei pela fita dupla face. Até porque qualquer vazada da tinta seria um defeito/efeito bem-vindo no projeto. Então desencanei. Mas se você quiser algo bem perfeitinho, use cola permanente.

Dica: cola permanente é na verdade uma cola temporária usada para dar “pega” nestes projetos em que fixamos uma das partes apenas por um breve espaço de tempo.

 

Posicione todo o texto

Posicione todo o texto, conforme você tenha definido anteriormente. Use dupla face no verso e depois reforce com fita crepe em todos os contornos.

 

A pintura

Cubra e pinte

Cubra também todas as partes aparentes do carretel, para não manchar já que usaremos tinta em spray. Observe que eu deixei apenas a palavra central livre para pintar. 

Aplique de duas a três camadas de tinta em spray, movendo o jato de tinta o tempo todo pra não concentrar num único lugar. Usei Esmalte Sintético porque este carretel provavelmente ficará ao ar livre, e esta tinta resiste melhor.

Espere secar e reaplique outras demãos.

 

Inverta e pinte

Assim que secar, inverta a proteção de papel cobrindo as letras já pintadas e descobrindo as outras. Repita a pintura exatamente do mesmo modo.

 

Aguarde secar

Aguarde secar totalmente para só então remover toda a proteção e todas as máscaras.

 

Carretel pronto

Taí………Se avexe não…….que carretel velho não precisa ser lixo  😀 

Veja que eu ainda agreguei os pássaros estilizados como se usa em xilogravuras e ficou bem bacana. Projeto pronto.

Não apliquei mais nada para proteger, até porque quando ficar com carinha de usado já estará na hora de um novo visual para ele  😉 

Por fim

Quer saber do último lance cômico dramático deste carretel? A pessoa que ficou de buscar o carretel, lá no início no dia do descarte, e que não foi, acabou ficando com o carretel depois de pronto. Era meu irmão que marcou bobeira e teve que me pagar em cerveja o trabalho que tive kkkk

Hoje o carretel está no lounge de jardim do restaurante dele, aqui na Costa do Conde, litoral da Paraíba onde moramos atualmente. Que tal?

O estêncil é uma técnica muito versátil, e faz desde projetos como este até coisas bem pequenas e cheias de detalhes. Aqui na Vila tem várias dicas e aplicações: das simples às detalhadas.

Confira:

Té mais.

Fotos: Marcelo Pereto

 

Não copie, compartilhe.

Clique e leia nossa licença com as regras para reprodução.

Você vai gostar também de:

, , , , , , , , ,

4 Responses to Como transformar um carretel com pintura estêncil

  1. Pedro Cunha 15 de setembro de 2017 at 10:33 #

    Difícil é ter coordenação motora suficiente pra desenhar as letras haha, mas gostei bastante, vamos dar uma renovada no escritório e to adorando as ideias que o site ta dando =]

    • Cris Turek 15 de setembro de 2017 at 16:32 #

      Taí um bom desafio Pedro 😉 Bora exercitar? 😀

  2. Felipe 24 de agosto de 2017 at 17:33 #

    Parabéns pelo conteúdo, me agregou muito

    • Cris Turek 26 de agosto de 2017 at 12:58 #

      Que bacana Felipe, gostei de saber. Abraços.

Deixe uma resposta