Em Julho a Artesã do Mês foi Cris Kaspar

Gola em tear Cris Kaspar

Artesãos dedicados e apaixonados pelo que fazem acabam se destacando naturalmente e encontrando formas de levar seu trabalho mais longe. Cris Kaspar, tecelã, participou de nossos murais, foi selecionada e batalhou para ser eleita a Artesã do Mês de Julho. Esse envolvimento com seus clientes, amigos e fãs é, pra mim, um termômetro do quanto se é admirado.

Por esse motivo o espaço de hoje aqui na Vila do Artesão é da Cris Kaspar, e vamos conhecer mais de seu precioso trabalho e de sua história. Lembro sempre que você também pode chegar até aqui. Participe dos nossos Murais, envie suas fotos e demonstre como a Cris, o quanto o trabalho artesanal é importante na sua vida.

Cris Kaspar em seu atelier

Cris participa dos murais da Vila há muito tempo. Comenta, compartilha e nos envia sempre suas ideias tanto as profissionais quanto seus artesanatos de lazer.

Hoje o post será sobre seu trabalho, porque sua foto foi a mais votada na final de Julho, e é um prazer te-la aqui conosco.

Vamos começar conhecendo a trajetória da Cris no tear. Conta aí, Cris:

Era a década de 80 eu estava passeado com meu namorado por uma certa rua de Pinheiros quando me deparei com a vitrine de uma loja toda recheada de peças confeccionadas em tear manual, além de vários teares, rocas e outros acessórios utilizados nessa arte. Fiquei totalmente paralisada com a cena e me apaixonei à primeira vista.

 

A vida me mostrou uma paixão, mas deu muitas voltas e guardei a lembrança com carinho, assim como panfletos da loja, por mais ou menos uns vinte anos. Em 2007, visitando uma feira de artesanato, num dos estandes reencontrei minha paixão adormecida: era um fabricante de teares manuais que ficava em Santa Catarina e estava representado ali.

Não pensei duas vezes: comprei meu primeiro tear de pente liço, pequenino mas imponente! Montei na sala da minha casa mas…não sabia como utilizar…ficava apenas admirando e pensando quando aprenderia essa arte.

Trabalhando no tear de pente liço

 

Conheci, então, minha amiga Emília, que hoje chamo de minha mentora e madrinha do meu sonho, primeiro através da internet, depois pessoalmente, quando, como um anjo, abriu sua casa sem mesmo me conhecer e me ensinou os primeiros passos da tecelagem manual. Algum tempo depois comecei a fazer outros cursos através da Oficina Têxtil do Sesc Pompéia em São Paulo e não parei mais!

Como é muito bom tecer e tecer sempre, e as pessoas começaram a conhecer meu trabalho e fazer encomendas, transformei a paixão em negócio e agora participo de alguns bazares de artesanato, assim como dou oficinas têxteis, principalmente para crianças, e na maioria das vezes, como voluntária.

 

Peças femininas feitas no tear de pente liço

 

Mas não paro nunca de aprender e me aperfeiçoar, não só no tear de pente liço, também em várias outras técnicas que utilizam fios, fibras e afins. Essa é minha paixão, que faz parte do meu dia a dia e faz com que minha vida seja plena, porque une trabalho e paixão!

Paixão é mesmo a palavra da Cris. Sempre se atualizando, fazendo novos cursos, se aperfeiçoando, porque entende o quanto isso é importante no seu caminho de artesã.

Fico super satisfeita em ver que posso, através da Vila, levar coisas tão especiais pra todos vocês.

Esse é o objetivo desse nosso evento Artesão do Mês, e divulgo com a maior alegria, porque sei que são trabalhos de muita qualidade e que merecem esse espaço.

Xale em tear de pente liço
Assim, seguem os contatos de Cris para interessados, lembrando que ela também dá workshops. Anotem, divulguem, compartilhem, para que o que é bem feito seja cada vez mais valorizado.

A votação O Artesão do Mês é nosso modo de apoiar quem faz artesanato. Apoie você também comprando trabalhos artesanais e divulgando sempre que puder.

E participe. Para participar primeiro envie suas fotos para o Mural da Vila. Clique e saiba mais.

Fotos cedidas por Cris Kaspar

Não copie, compartilhe.

Clique e leia nossa licença com as regras para reprodução.

 

Você vai gostar também de:

,

6 Respostas para: Em Julho a Artesã do Mês foi Cris Kaspar

  1. gessi 24 de agosto de 2014 at 22:44 #

    Amei todos trabalhos. Lindos demais

    • Cris Turek 25 de agosto de 2014 at 18:54 #

      Gessi obrigada por escrever.

  2. Joanita Santos 22 de agosto de 2014 at 10:37 #

    adorei tudinho, ela é d+++
    bj.

    • Cris Turek 25 de agosto de 2014 at 18:57 #

      Concordo Joanita. Beijos.

  3. Vera Lúcia de Oliveira 22 de agosto de 2014 at 9:42 #

    Bom Dia! Cris Kaspar
    Parabéns pela sua iniciativa em adquirir este tear e agora em maneja-lo e assim tecer muitas
    peças lindas
    Lembro com muitas saudades de minha mãe que por algum tempo teve um tear em casa, o
    dela era o dos grandes para tecer colchas, coxonieis e várias outras coisas. Era um dos seus
    ganha pão para criar nós três filhas, e que depois partiu para outras iniciativas.
    É um trabalho honesto e acima de tudo de muita arte e proveito.
    Que você continue com este seu lindo tear e a cada dia com a sua disposição e inteligência,
    criando novas idéias.
    Vera Lúcia (Goiânia/GO)

    • Cris Turek 25 de agosto de 2014 at 18:57 #

      Que história especial Vera Lúcia. Beijos.

Deixe uma resposta