Fios de lã pura e como fazer o tingimento natural

Tingimento natural de meadas de lã

A Lieda esteve aqui na Vila nos trazendo informações prá lá de interessantes sobre a fiação da lã pura, coisas que eu nem imaginava. E como esse assunto é encantador porque tem a ver com hábitos artesanais milenares, a Lieda vai contar como ela faz o tingimento natural de suas meadas.

Talvez você ainda vá aproveitar essas dicas algum dia, ou para suas meadas de lã ou para outros tecidos, afinal a técnica vem há gerações servindo para esses fins e a Lieda tem uma mega experiência com o assunto, que você pode ver no Fiandeira e Tecelã.

Lieda, conta como acontece esse processo.

Olá amigos. Depois de termos fiado a lã em meadas, podemos pensar nas cores que queremos. É claro que temos a opção do tingimento químico que nos oferece uma gama variada de tonalidades, mas esse processo é fácil, basta comprar os corantes em lojas de material para artesanato e seguir as instruções do fabricante.

Hoje venho compartilhar com vocês minhas experiências com o tingimento natural, tanto na obtenção de tonalidades como na fixação, como uma dica que vocês não devem conhecer. Vamos lá?

Coloque água para ferver

Você vai precisar de um fogão industrial ou um bom fogareiro e uma panela grande que sirva só para esse fim. Encha de água e coloque para ferver.

Material para tingimento com cebola

Um dos materiais usados no tingimento natural são as cascas de cebola. Junte muitas delas para conseguir uma cor mais viva.


Coloque as cascas dentro de sacos de tule

Para facilitar o trabalho, nós colocamos as cascas dentro de sacos de tule. Providencie um ou dois deles, e encha com as cascas.


Coloque o saco na água fervente

Coloque seus sacos dentro da água fervente e mexa com uma colher de pau.


Deixe chegar na tonalidade desejada

Deixe as cascas fervendo até chegarem na cor que você deseja.


Quando estiver na tonalidade, retire os saquinhos e mergulhe as meadas. É importante deixar as meadas umidecidas e sem excesso de água. Molhe bem em água limpa e esprema, mas não torça as meadas. Então coloque para tingir e deixe por uns 15 minutos, para garantir que o tingimento fique bem feito.

Use o fixador químico

O passo seguinte é preparar o fixador, aqui vamos usar o Alúmen de Potássio, que você compra em lojas de produtos para laboratórios.


Adicione o fixador

Dilua o produto em água conforme instruções do fabricante e adicione na água do tingimento. Mexa com sua colher de pau.

Deixe agir por mais uns 5 minutos e depois retire as meadas.

Antes de conferir a etapa final vamos ver outro modo de tingimento natural.

Além das cascas de cebola podemos usar cascas de nozes.

Use cascas de nozes para tingimento natural

As cascas de nozes dão um resultado bem bacana também. Separe uma boa quantidade de cascas, essas de nozes pecãs, e coloque nos sacos de tule.


Coloque os sacos com as cascas

Coloque os sacos de tule na água fervendo.


Mexa com uma colher de pau

Use uma colher de pau para mexer e soltar a cor.


Aguarde pela tonalidade desejada

Você vai perceber a cor se soltando. Quando estiver no ponto, retire os saquinhos.


Mergulhe as meadas

Mergulhe as meadas na panela. Lembre que as meadas devem ter sido previamente umedecidas em água limpa.


Deixe levantar fervura

Aguarde a água levantar fervura novamente e deixe ferver por uns 15 minutos.


E aí entra a minha dica de fixador natural: adicione vinagre e um prego enferrujado na água do tingimento. Isso mesmo. É química gente, e funciona.

Deixe a meada mergulhada na mistura mais uns 5 minutos no mínimo antes de retirar.

Tenha ao lado da sua panela um balde limpo para receber as meadas.

Retire as meadas com cuidado usando colheres de pau e colocando diretamente no balde ao lado da panela. Deixe sair o excesso da água do tingimento e depois enxágue bastante.

Para a lã ficar cheirosa e macia finalize colocando as meadas num balde com amaciante.

Artesanatos de natal, aprenda agora

Deixe as meadas secarem penduradas

Depois deixe secar penduradas em local ventilado e ensolarado.


Para quem quiser apressar o processo e centrifugar, lembre de usar apenas se sua máquina fizer a centrifugação horizontal; nunca em vertical pois poderá feltrar a lã.

Você também pode ser um centrifugador manual. É só torcer bem e com a mão lançar voltas como um laço de corda. Molha um pouco em volta mas é um bom exercício, 😉


O resultado das cores é: 

  • as cascas de cebola obtém tons do amarelo ao laranja e se usar o prego com vinagre para fixar ele puxa para o um tom de verde escuro
  • as cascas de nozes obtém do marrom claro ao marrom escuro e suas tonalidades, conforme o tempo que permaneceu a meada na tintura ou a concentração de tintura utilizada
  • Dica: meadas amarradas obtém o efeito da meada matizada (partes de marrom mais escuras, mais claras até a tonalidade natural da cor branca). Isso é realizado em tecidos também.

 

Fios com tingimento natural

Outros aspectos interessantes: estes são fios em cores naturais.


Fios tingidos com corantes químicos

E estes foram obtidos com corantes químicos.


Então, o que acharam?

O tingimento natural tem algo a ver com a alquimia. É uma transformação onde a natureza age sobre si mesma, é lúdica e desenvolve a criatividade.

Você já imaginou quantas formas há de se obter pigmentos naturais? Inúmeras, e o melhor: não agride a natureza. Vamos apostar nela?

Dúvidas sobre o processo, me escrevam: [email protected]

E venham conhecer minhas meadas de lã pura no Fiandeira e Tecelã. Estou sempre com coisas novas e serão todos bem-vindos.

Fotos e passo-a-passo: Carla Lieda Parra

Não copie, compartilhe.

Clique e leia nossa licença com as regras para reprodução.

Você vai gostar também de:

, , ,

10 Respostas para: Fios de lã pura e como fazer o tingimento natural

  1. MARLENE OLIVEIRA SILVA DE BARROS 3 de maio de 2016 at 15:35 #

    BOA TARDE!!! COMO FAÇO PARA FAZER UM CURSO DE TINGIMENTO EM TECIDO??? MORO EM ITUPEVA/SP……ENTRE INDAIATUBA E JUNDIAI…..SONHO EM FAZER UM CURSO DESSE, FUI COSTUREIRA MUITOS ANOS E TENHO MUITOS TECIDOS LISOS, PALAS RENDANDAS, GOSTARIA DE APROVEITAR AS PALAS CLARAS E TINGIR. ME AJUDEM …….GRATA

  2. ANA GUTERRES 11 de outubro de 2014 at 22:36 #

    quero apender a tingir lã com anilina e fixador

    • Cris Turek 13 de outubro de 2014 at 13:46 #

      Ana não temos esse passo-a-passo mas é só seguir as instruções do fabricante, dissolvendo o produto na quantidade de água informada na embalagem e depois no fixador. Não é complicado, é só não pular etapas.

  3. Cris Kaspar 13 de março de 2014 at 15:24 #

    Obrigada, Cris! Vou escrever para a Lieda! Abraços

  4. Maria Teresa D. Valente 13 de março de 2014 at 12:44 #

    Obrigada Cris, abraços carinhosos
    Maria Teresa

  5. Maria Teresa D. Valente 13 de março de 2014 at 10:34 #

    Oi Cris, amei a aula da Lieda.
    Gostaria de saber se posso fazer do mesmo modo, com linho (tecido) que amarelou?
    tentei email para a Lieda, mas não consegui.
    Gostaria de aproveitar, para fazer mantas para enxoval de criança.
    Agradeço se puder me informar, porque uma pessoa ia tingir, mas trouxe de volta, dizendo que o linho não aceita água quente.
    Abraços carinhosos
    Maria Teresa

    • Cris Turek 13 de março de 2014 at 12:10 #

      Maria Teresa até onde sei o linho tinge normalmente como qualquer tecido, desde que se use o corante apropriado para a fibra, no caso de corantes químicos. Isso você verifica na embalagem do produto. As marcas mencionam na sua linha, qual corante age sobre o linho, basta comprar o correto. Verifique os sites dos fabricantes que normalmente explicam detalhadamente. Já para o tingimento natural eu não tenho certeza, entretanto se a peça já está amarelada não creio que cause maiores danos. É arriscar e testar.

  6. Cris Kaspar 13 de março de 2014 at 8:02 #

    Tenho uma dúvida e um receio: esse produto químico – Alúmen de Potássio, quando descartado em ralo comum, pode contaminar o lençol freático, vocês podem me orientar? E o prego enferrujado fervido com vinagre? Aguardo orientações! Obrigada!

    • Cris Turek 13 de março de 2014 at 12:01 #

      Cris O prego com vinagre não deve causar danos mas sobre o alúmem sugiro que escreva para a Lieda, no email dela e tire as dúvidas.Beijos.

Deixe uma resposta