No natal, menos pode e deve ser muito mais

Enfeite seu natal com simplicidade e ganhe elegância

Hoje eu escrevi um e-mail para uma amiga e contei para ela, entre outras coisas, que aqui em casa,  “…minha arvorezinha tá do tamanho para duas pessoas adultas”. Eu estava falando da árvore de natal. Sabem como é: casa sem crianças, a família longe, a decoração fica mais simples e objetiva.

Pensei: que não é porque a decoração de natal é um pouco mais tímida que ela não deva ser bela. E quando falo do belo, me refiro especialmente ao tipo de beleza que nos eleva o espírito, nos coloca em contemplação e nos aproxima do divino, tira de dentro de nós o que temos de melhor.

Para ilustrar o que estou dizendo, ficam algumas imagens bem simples que selecionei para vocês, na esperança de que elas coloquem dentro de cada um o verdadeiro sentido do que deve ser o belo em nossas vidas. E de que antes de tudo, ele deve nos aproximar do criador.

Inspirem-se.

Um cesta de madeira com pinhas na decoração de natal
Um simples galho com alguns pequenos enfeites de decoração de natal
Velas e estrelas num cordão, na decoração
Bolas de vidro num galho, como árvore de natal
A árvore de natal que secou mas está ainda mais bela
A árvore pequena com enfeites de vidro, simples e elegante
Quer mais dicas simples e de efeito? Clique Almoço de Natal, natureza na arrumação da mesa

Fotos: 1 e 5. Pale and Interesting , 2. Birgittes Lille Anneks , 3, 4, 6 e 7. Tine K Home

Não copie, compartilhe.

Clique e leia nossa licença com as regras para reprodução.

Você vai gostar também de:

, , ,

2 Respostas para: No natal, menos pode e deve ser muito mais

  1. vera cecilia 12 de dezembro de 2009 at 22:05 #

    Mui bom seu blog. Parabéns. Obrigada pela visita
    Bjs
    vera

  2. Talma 9 de dezembro de 2009 at 10:53 #

    Oi Cris!!!
    Humm que chique, euzinha fazendo parte da postagem….fiquei toda-toda….rssss.
    Mas olhe, no contra-ponto da sua árvore, a minha é um exageeeeero com “e” maiúsculo. A começar pelo número de árvores: duas nesta casa paraibana e três pelos pagos ( eu, compulsiva??? magiiiiina!).
    A árvore daqui eu precisei ( jura, né?) comprar porque esqueci de trazer a minha. Aliás, a trasferência para cá, atrapalhou nossos planos de Natal na lá “Casa da Uva” (no Sul) e a (s) nossa(s) árvore, acabou ficando por lá mesmo. E com três crianças ( o marido é uma delas) em casa, não tinha como ficar sem. Então assim que cheguei aqui, comprei uma média, bacaninha – no paraíso dos organizadores, o Casa Tudo- , mas este ano, enjoada do “tradicional”, em termos de cores, fiz uma árvore toda cor-de-rosa. Só que eu acabei com árvore de menos e bolas demais….rsss. Então, em vez de dar as bolinhas sobressalentes, sua amiga aqui comprou uma árvore pequena ( árvore cor-de-rosa, linda!!) e pus no quarto da Mariana.
    Marido diz que preciso de tratamento.
    Será?? rsssss
    Beijos!!!!

Deixe uma resposta