Tempos do Café da Vila em Jacumã

Cafe da Vila Jacumã (foto: Marcelo Pereto)

Casa arrumada, mudança feita, as novidades chegaram. O Café da Vila ficou conhecido em Jacumã pelas deliciosas bebidas feitas com café, como o Frapê de Café e o Café com Cereja, das receitas trazidas da cafeteria no Cabo Branco, e também pelas refeições leves à base da massa de panquecas, depois ampliadas para as massas italianas grano duro, acompanhadas de deliciosos molhos, sempre preparados da maneira mais tradicional.

Os nossos clientes habituais degustaram os pratos e aprovaram os molhos ao sugo, bolonhesa e ao pesto. O nosso projeto foi de construir em Jacumã um espaço onde todos se sentissem acolhidos, provando pratos feitos com carinho e cuidado, degustando seu vinho ou drink preferido ou ainda sua cerveja gelada, ouvindo boas músicas e encontrando amigos.

Eu e o Marcelo consideramos que cumprimos nossa missão naquele momento. Por isso sabemos que o Café da Vila deixará saudades. Obrigada a todos que compartilharam desse nosso projeto. Quem sabe, no futuro……  😉 

Você vai gostar também de:

3 Respostas para: Tempos do Café da Vila em Jacumã

  1. Clauduardo abade 9 de outubro de 2009 at 8:33 #

    Estamos indo ai em Jacumã na semana do dia 12 de outubro.Pergunto, que espaço a Vila do Artesão tem que podemos visitar?
    Abraços,
    Clauduardo Abade

  2. Talma 1 de maio de 2009 at 21:59 #

    Ai, que vontade que deu de comer esse macarrão – mas a gordinha aqui “não póóóóóde!” rssss. Mas visitar, pode, não é? Temos que desentocar….aff!
    Adorei ver teu sorriso doce novamente, mesmo que apenas por fotos.
    Fiquei feliz com sua mudança , porque é a concretização de um sonho. Desejo tudo de bom pra vc, que sejam muito felizes.
    Beijocas!!

    • Cris 28 de maio de 2009 at 11:50 #

      Oi Talma, querida.
      Parece sempre que eu sumo por muito tempo,não é? Mas são as condições da vida no interior.
      Obrigadão pela energia, e por seu carinho imenso.
      Vamos mantendo contato virtual, enquanto você não aparece por aqui.
      Um beijo grande,
      Cris.

Deixe uma resposta