Osesp inunda a Praia de Tambaú de boa música


Na noite de ontem assistimos a um concerto da Osesp que é uma dessas oportunidades que não se perde de jeito nenhum. E a população soube aproveitar, comparecendo em grande número, apesar de ainda não divulgado pela mídia. Num formato mais descontraído, o Maestro John Neschling manteve um diálogo com o público, o que é interessante pois é bastante didádico, de uma forma que qualquer pessoa pôde compreender um pouco mais da música erudita de épocas e autores tão diferentes. O programa iniciou com o nosso hino e apresentou obras de Mikhail Glinka, Tchaikovsky, Verdi, Strauss, a envolvente Batuque do brasileiro Lorenzo Fernandez, Max Bruch, com o solo de violino e o grand finale perfeito com Bolero de Maurice Ravel, que levantou o público para aplaudir a orquestra. Para quem não pôde ir, veja as imagens feitas pelo Marcelo e fique um pouco triste pois não sabemos quando a Osesp retorna.

O spalla Claudio Cruz foi o solista na obra de Max Bruch, o 3º Movimento do Concerto nº1 para Violino em Sol Menor, Op 26.

 

 

 

 

Segredos da encadernação artesanal

 

 

 

 

 

Fotos: Marcelo Pereto

Você vai gostar também de:

, , , ,

No comments yet.

Deixe uma resposta