Pontos básicos para usar o tear

Pontos do tear, como iniciar

Não precisamos de tempo frio para lidar com fios. O tear é um instrumento muito interessante para criar acessórios desde os mais simples até peças de vestuário e decoração elaborados e para qualquer estação. Além do que nos transporta para longas distâncias exercendo da melhor forma o relaxamento depois de um dia cansativo.

Hoje a Carla Lieda vem nos mostrar algumas curiosidades sobre teares, sobre como se montam os fios e se faz a trama. De quebra também vamos ver o mais básico dos pontos com o qual já dá para criar suas primeiras peças.

Vamos lá Lieda?

Olá, vamos ver um ponto básico e uma variação, mas super importantes no que se diz respeito ao trabalho no tear. Também quero mostrar um pouco da enorme variedade de teares que existem, apenas a título de curiosidade.

 

Tear primitivo com fios verticais

Este é um tear primitivo com os fios da urdidura em posição vertical, mas os primeiros teares eram muito mais rudimentares, usando uma estrutura de galhos para tensionar os fios.

Tear de pregos com urdidura e trama

Bem mais conhecido, até por sua recente popularização em trabalhos artesanais, está o tear de pregos. Aqui vemos um tear triangular com a urdidura e a trama já começada.

Aqui temos um tear de pente liço

E o tear mais comum usado atualmente, o tear de pente liço, com o qual costumo trabalhar. É muito usado porque permite que se façam vários tipos de peças além do uso de materiais diferentes.

Meadeira, instrumento para fazer meadas

Este instrumento ao lado é chamado de meadeira, com o qual fazemos as meadas de lã.

Lembram que já vimos como se fia a lã pura e como as tingimos, clique aqui e aqui e aproveitem para recordar.

Andei trabalhando e produzi algumas meadas de lã pura, vejam que lindas.

Meadas de lã pura de Carla Lieda

 

Navetes para trabalhar no tear

Com as meadas produzo minhas peças no tear. Ao lado as navetes, instrumentos com os quais passamos os fios pela urdidura. 

Uma urdidura de tear

Para realizarmos qualquer peça, primeiramente necessitamos do conhecimento básico da tecelagem. Sem isso será impossível realizar ou finalizar qualquer coisa. Por exemplo, a Urdidura, o que é?

É primeiro fio colocado no tear antes de iniciar o trabalho. Aqui vemos a urdidura do tear de pente liço, no sentido do comprimento. São os fios tensionados que servirão de base para a elaboração da trama. Podem ser de uma única cor, podem ser de cores variadas, tudo depende do seu projeto.

Segredos da encadernação artesanal

A urdidura varia de tear. Com o tear de pregos, pode ser um fio colocado do inicio ao fim sem cortes. Já em tear de pente liço é o fio medido antecipadamente conforme a peça a ser executada.

A trama sendo feita por entre a urdidura

A Trama é o fio trabalhado entre os fios da urdidura. Na foto são os azuis, no sentido da largura.

Os mesmos podemos fazer uma simples trama até pontos muito mais rebuscados.

O ponto mais básico e mais importante, a partir do qual podemos realizar vários outros desenhos é o ponto tafetá, indicado pela seta abaixo.

Ponto tafetá simples

Trabalhamos os fios da urdidura alternados com uma régua ou o pente liço. Passe o fio da trama, aqui em vermelho, alternando cada passada com os fios da urdidura, ou seja, basicamente um por cima, um por baixo sempre alternando nas carreiras.

No gráfico fica mais fácil de entender, veja:

Esquema de ponto tela ou ponto tafetá

E para mostrar como podemos elaborar a partir do tafetá simples, abaixo fiz uma flor apenas alterando a quantidade de fios da urdidura que pulei.

A repetição e a sequência do gráfico vão criar um novo padrão de desenho, muito simples de fazer. Legal, né?Desenho de flor a partir do ponto tafetá

Segue o esquema para entender melhor:

Esquema para desenho de flor em ponto tafetá

Um ponto tão básico mas com muitas possibilidades. Você pode optar por fios de cores diferentes, bem como usar espessuras distintas para a urdidura e para a trama, e ir muito, mas muuuuito mais além.

Esta é uma manta em ponto tafetá simples e não precisa de mais nada para que seja uma peça interessante e única.

Manta tecida com ponto tafetá em várias cores

Que legal Lieda. Muito especial este trabalho e gostei de aprender sobre esta etapa. Você que quer uma peça destas com uma lã de toque único, passe lá na página da Carla Lieda, clique em Fiandeira & Tecelã, confira os produtos feitos por ela e compartilhe mais esta dica de hoje para quem tem curiosidade sobre o tear.

Dúvidas sobre o assunto o contato é por email: [email protected]

Fotos: Carla Lieda

Não copie, compartilhe.

Clique e leia nossa licença com as regras para reprodução

Você vai gostar também de:

, , ,

10 Responses to Pontos básicos para usar o tear

  1. Elcio Machado 15 de março de 2016 at 1:39 #

    Cris e Carla,
    Meu problema: o pente. Não, não tenho uma cabeleira rebelde, difícil. Só não consigo comprar o pente liço. Não localizei — e foram horas e horas de internet — informações onde comprar ou como fazer pente liço (materiais e técnicas). Não quero comprar um tear pronto, a um custo que minha aposentadoria não permite. Tenho máquinas e materiais e, creio, habilidade suficiente para fazer o tear. Mas o pente…
    Vi que o pente da primeira foto desta matéria parece ser de madeira (e o mais à direita parece quebrado). Madeira branca. Pinus? Mas não fica muito frágil?
    Será que alguma de vocês poderia me ajudar?
    Grato

    • Cris Turek 15 de março de 2016 at 12:42 #

      Elcio, escreva para a Carla no link indicado no texto. Ela é a expert em tear pra te dar mais dicas a respeito. A minha é procurar na loja Bazar Horizonte, que eu sei que trabalha com teares como estes. Abraços.

    • Elcio Machado 16 de março de 2016 at 19:24 #

      Cris, obrigado. Já escrevi tanto para a Carla como para o bazar. Estou aguardando as respostas.

    • Cris Turek 18 de março de 2016 at 18:23 #

      Elcio você escreveu na página do Face dela? O link tá no texto “Fiandeira e Tecelã”. Tente por lá e me escreve depois.

    • Jéssica 9 de julho de 2016 at 17:46 #

      Olá, Elcio, e quem sabe, mais alguém também queira esta resposta.
      Eu precisei também comprar um pente avulso. E consegui sem problemas, na Arte Viva teares, de Florianópolis. Ótimo atendimento, tem site.
      Abraços, Jéssica

  2. LEILA MARIA RIBEIRO 19 de maio de 2015 at 12:49 #

    BRIGADA CRIS.

  3. LEILA MRIA RIBEIRO 17 de abril de 2015 at 19:16 #

    AMO TRABALHOS MANUAIS, E MAIS AINDA ESTE. COMO SE CONSEGUE UM TEAR DESTE, O TRADIÇIONAL?

    • Cris Turek 19 de maio de 2015 at 10:25 #

      Leila procure na loja Bazar Horizonte. Vende pela internet.

  4. Ivone de Oliveira 6 de novembro de 2014 at 20:39 #

    Olá, florzinha,

    Amei esse artigo.
    Sou professora e no momento estou afastada do meu trabalho devido problemas de saúde como depressão e esgotamento, mas estou em tratamento. Me foi indicado um trabalho manual como terapia ocupacional. Então comprei recentemente, um tear de pente liço. Desejo fazer peças pra meu uso próprio e quem sabe um dia, poder até ganhar um dinheirinho. Mas, por enquanto, o pouco que sei, aprendi lendo artigos relacionados. Gostaria de saber se você pode me ajudar com indicação de gráficos e vídeos, pois desejo fazer trabalhos diferenciados.
    Aguardo anciosa por seu retorno.
    Desde já, muito obrigado.

    • Cris Turek 15 de novembro de 2014 at 13:58 #

      Ivone muito obrigada pelo incentivo. Escreva para a Lieda diretamente no email mencionado no texto, assim ela pode te responder de imediato. Beijos.

Deixe uma resposta