Praia do Jacaré, onde o músico valoriza a natureza

Jurandy tocando para o pôr do sol no Jacaré

A Praia do Jacaré é uma praia fluvial às margens do Rio Paraíba distante 10 Km do centro de João Pessoa. Das suas margens pode-se avistar a vegetação preservada dos mangues que mantém intactas a rica flora e fauna do lugar. Mas a praia também tem vista para o poente, e esse é sem dúvida o grande atrativo do lugar. A pequena vila de pescadores que se instalou ali foi aos poucos cedendo seus espaços aos visitantes que chegavam para admirar a paisagem e curtir um momento de elevação ao som do Bolero de Ravel que é executado diariamente há mais de 10 anos pelo saxofonista Jurandy do Sax. Sincronizado com o pôr do sol, o Bolero torna ainda mais bela a cena oferecida pela natureza. O espetáculo que andou ameaçado pela ganância dos comerciantes, parece ter sido reorganizado, para a alegria de todos. Esperamos que essa pessoas percebam que a Praia do Jacaré só adquiriu fama pelo trabalho incansável do artista que com sua música valorizou o espetáculo da natureza.

Quando vier à João Pessoa não perca esse passeio.

Foto: Marcelo Pereto

Você vai gostar também de:

, , ,

3 Respostas para: Praia do Jacaré, onde o músico valoriza a natureza

  1. ana gleide santos 29 de outubro de 2009 at 13:16 #

    jurandy, vc foi o melhor patrão que qualquer funcionário gostaria de ter, apesar das nossas brigas. beijos, tenho muitas saudades de vc. te desejo muito mais sucesso do que vc já tem.

  2. ivanildo di natal 26 de maio de 2009 at 11:57 #

    É simplesmente emocionante,principalmente quem conhece Jurandy, e já assistiu várias vezes esse evento, e cada apresentação é uma emoção diferente e marcante, quem for á João Pessoa não pode deixar de ir ao por do sol do Jacaré, é um momento impar, e inesquecível, parabens ao Jurandy do sax.

  3. Angela Maria de Lima Nogueira da Gama 30 de janeiro de 2009 at 4:26 #

    Estive passando dez dias de ferias e me deparei no meio do mato um cheiro de café tão grande que parei e achei o lugar , aonde era? Era no Sax Cafè do Rui e da Linda Lousada , com umas tapiocas ,mais que delicias de tapiocas , não sei o que era mais gostoso se as tapiocas ou o atendimento daquelas peguenas forminguinhas sim pois parecem tamanha habilidade para o atendimento, gostei muito!!!!!!!! Parabens para à equipe, gostei da arquitetura do lugar me senti em algum filme epico do gladiador embaixo daquela videira ,lindo muito engenhoso e de altissimo bom gosto. O por do sol já é marca registrada na minha vida é a natureza despenssa comentarios fechar ao climax com a musica do Andrea Buchelle no sax com o Jurandir foi todo um presente.AngelaGama

Deixe uma resposta