Renda Turca ou Renda Singeleza, patrimônio cultural brasileiro

Porta-copos feitas com a trama da Renda Turca, patrimônio cultural brasileiro

Pois é gente, apesar do nome Renda Turca deixar bem clara a sua origem, esse trabalho manual tornou-se patrimônio cultural brasileiro pelas mãos de artesãs mineiras e nordestinas, numa história que vale ser contada.

Quem me mandou os detalhes foi nossa amiga Solange Oliveira que trabalha com a técnica a mais de 35 anos. Ela conta que a renda chegou ao Brasil no séc XVIII e foi adaptada para um estilo local. Em Sabará/MG ela seguiu uma linha denominada Renda Turca de Bicos, mas em Alagoas e na Paraíba, levou o nome de Singeleza. Todos esses estilos diferem um pouco entre si, mas baseiam-se num mesmo ensinamento que chegou com os estrangeiros.

A técnica é tão pouco difundida que onde sua prática se mantém, como em Sabará/MG e em Marechal Deodoro/AL, ela foi considerada patrimônio imaterial e tombada pela IPHAN. Em função disso muito esforço tem sido feito para transmitir esse conhecimento para as novas gerações.

Toalhinha em renda turca, trabalho artesanal

A Solange diz que mesmo as agulhas usadas para fazer a renda são difícies de encontrar, o que leva as artesãs a adaptarem outras agulhas. Uma das agulhas usadas é a de tapeçaria e as agulhas de apoio do trabalho são feitas com muita improvisação, usando talos de coqueiro, palitos de churrasco e o que estiver à mão. Em alguns locais as artesãs usam a mesma navete que pescadores utilizam em suas redes.

 

Como se usam as agulhas na técnica da renda turca

 

Os pontos são costurados com a agulha de tapeçaria enquanto ficam montadas na agulha de apoio. A cada trecho vão sendo retirados desse apoio e trabalhados com novos detalhes. Existem muitas receitas simples para iniciantes e mais explicações podem ser encontradas em revistas onde a própria Solange publicou suas peças. Para adquirir as revistas acesse o site de Solange, clique Renda Turca ou escreva para [email protected]

E pra quem quer ter uma noção mais aproximada de como se faz a renda singeleza, uma variação da renda turca, é só assistir ao vídeo abaixo. A gente até fica animada a experimentar. Cliquem:

 

Vídeo sobre a Renda Singeleza tradição em Alagoas

 

Meus caros amigos que gostam dos trabalhos manuais, conheçam a Renda Turca, aprendam e ajudem a preservar essa cultura que já se tornou parte da nossa riqueza, parte da arte popular brasileira.

Fotos: Solange Oliveira

Não copie, compartilhe.

Clique e leia nossa licença com as regras para reprodução.

Você vai gostar também de:

, , ,

50 Respostas para: Renda Turca ou Renda Singeleza, patrimônio cultural brasileiro

  1. Sandra 9 de outubro de 2014 at 21:13 #

    Oi, adorei o trabalho renda turca!
    Gostaria de obter contatos de professoras ou artesãs para poder trocar ideias e a própria técnica.
    Abraços fraternos!

    • Cris Turek 10 de outubro de 2014 at 10:48 #

      Sandra tem contatos no texto, confira e fique à vontade pra escrever.

  2. Laura L. Costa Figueira 3 de outubro de 2012 at 11:00 #

    Eu fiz renda turca muito , mais faz tempo, acho maravilhoso este trabalho. Que bom que está voltando PARABÉNS.

  3. ilza de lima ferreira 11 de setembro de 2012 at 21:21 #

    gostaria de saber se é preciso ir emendando a linha para terminar o trabalho,achei muito lindo e fácil de trabalhar o ponto ,muito lindo mesmo beijo.

    • Cris Turek 16 de setembro de 2012 at 21:19 #

      Ilza não sou rendeira, mas com certeza se a peça for grande, será necessário emendar sim.

  4. Doroty Maria Hutner 15 de agosto de 2012 at 17:35 #

    adorei fazia quando criança mas, tinha esquecido e descobri o seu blog por acaso . abraços Doroty

  5. Nadia Faria 18 de junho de 2012 at 14:35 #

    Foi com prazer que descobri, por puro acaso, o seu blog.
    Vou tentar fazer uma peça pequena e, quem sabe, depois arriscar uma grande.
    Abraços
    Nádia

  6. SENIO AMARAL 23 de fevereiro de 2012 at 19:23 #

    vocês sabem quanto custa um trabalho feito em renda turca?

    • Cris Turek 23 de fevereiro de 2012 at 20:31 #

      Senio, quem pode te informar é a artesã indicada nesse artigo, fique à vontade para escrever para ela.

  7. Dulce Helena 25 de janeiro de 2012 at 14:26 #

    Adorei a renda turca, me fez lembrar minha infância, pois aprendi a fazer com minha falecida avó que era mineira de Carmo de Minas e foi inspetora de aluno em Piquete na escola Presidente Vargas. A renda turca é um artesanato que acalma. O modelo que aprendi é diferente.

  8. Alice da Silva Santos 24 de outubro de 2011 at 22:56 #

    Faço Renda turca desde 7 anos, fazia toalhas com o centro em tecido, elas eram engomadas, fazendo com que ficassem repolhudas, hoje faço em roupas de de praia,sacolas,chales e saias, rabo de cavalo etc.
    De uma olhada no meu blog , lá você irá ver meus trabalhos.

    • Cris Turek 25 de outubro de 2011 at 10:27 #

      Passo sim Alice. mas gostaria que você participasse de nosso mural. Envie suas fotos, ok?

  9. Nely 21 de agosto de 2011 at 16:36 #

    Primeira vez que acesso e estou adorando. Eu tenho uma toalinha com este ponto e estava muito curiosa. Certa vez vi na televisão uma moça ensinando a trabalhar com os palitinhos para fazer este ponto mas eu não gravei, portanto continuei sem saber fazer. A toalhinha que tenho até já rasgou mas não jogo fora de jeito nenhum, pois é a coisa mais linda e delicada que já vi.
    Se não me engano o nome da artesã que foi na tv é Suely Saraiva, ela conhece a maioria dos artesanatos regionais do Brasil. Estarei sempre aqui agora, quero aprender muita coisa ainda.
    Abraços
    Nely

    • Cris Turek 22 de agosto de 2011 at 9:59 #

      Seja bem-vinda Nely, tem muita coisa pra você descobrir aqui pela Vila. Fique à vontade.

  10. claudiana 18 de agosto de 2011 at 8:58 #

    Como vai, tudo bem?
    Passeando pela net encontrei seu cantinho, quantas coisas lindas, parabens. Também tenho um depois passa lá para conhecer.
    Hoje eu vim aqui pedir uma grande gentileza. Estou participando de um concurso no blog da Edayne e preciso do seu voto. Meu trabalho é o número 7. A votação vai ate 28 agosto. Se puder me ajudar agradeço desde já. Muito obrigada. Bjs

    • Cris Turek 18 de agosto de 2011 at 10:32 #

      Voto dado Claudiana, aliás que peça maravilhosa, parabéns pela coragem de bordar um toalha de banquete. Maravilhosa.

  11. Marcia 17 de agosto de 2011 at 21:54 #

    Este blog é muito abençoado, nos ensina a
    cada dia que podemos nos doar compartilhando
    nossos talentos… Cris vcs são o máximo!
    Márcia Az

    • Cris Turek 18 de agosto de 2011 at 10:11 #

      Obrigada pelo carinho Marcia, beijo grande.

  12. Normelia Borges 17 de agosto de 2011 at 10:23 #

    Oi Cris,

    Já acompanho vc, suas dicas e seus garimpos há algum tempo! Parabéns e que a criatividade seja uma fonte eterna pra vc! Bj

    • Cris Turek 17 de agosto de 2011 at 11:16 #

      Tenho um prazer muito grande em divulgar artes como essa renda Normelia. Beijos.

  13. cleusa 15 de agosto de 2011 at 0:08 #

    adorei esta renda turca,pretendo passar para as meninas,pois trabalho como vuluntaria e esta e esta :casa vila rtesão:tem me dadomuitas dicas boas,muito obrigado
    que JESUS os abençoe

    • Cris Turek 15 de agosto de 2011 at 10:09 #

      Ficamos felizes em ajudar Cleusa. Beijos.

  14. Leone e Yara 14 de agosto de 2011 at 21:16 #

    Oi gente,

    adorei esta idéia porque vem explicando direitinho.
    Vocês podem conseguir um video ensinando bicos neste mesmo processo?
    Como já disse trabalho para um Bazar beneficente e tudo o que me mandam passo para as “meninas” e temos crescido muito
    Obrigada pelo carinho

    yara

    • Cris Turek 14 de agosto de 2011 at 21:18 #

      Yara, esse vídeo eu encontrei no YouTube, esse não foi feito por nós não. Porque você não entra lá e pesquisa se há algo mais? Ou entre em contato com a Solange que eu indico nesse artigo. Talvez ela possa te ajudar. Beijos.

  15. Marisa Celia Marson 14 de agosto de 2011 at 21:13 #

    Adorei pessoal, não sei como agradeçer tanta gentileza!!!

    Um grande abraço a todos

    • Cris Turek 14 de agosto de 2011 at 21:15 #

      Sua visita é um grande agradecimento Marisa.

  16. alizete 14 de agosto de 2011 at 17:56 #

    Obrigada por compartilhar, é uma trabalho muito interessante.

    • Cris Turek 14 de agosto de 2011 at 18:53 #

      E nem é tão difícil Alizete, experimente.

  17. Déborah Rejane 14 de agosto de 2011 at 12:36 #

    Gente, achei lindo de mais,
    vou providenciar material,
    quero fazer também…
    obrigada, bjos.
    Débora

    • Cris Turek 14 de agosto de 2011 at 12:36 #

      Que ótimo Déborah, informe-se sobre as revistas com passo a passo. beijos.

  18. Abigail Tiburtino de Souza 14 de agosto de 2011 at 12:33 #

    obrigado peas dicas de hoje são muito lindas….tenha um bom sabado

    • Cris Turek 14 de agosto de 2011 at 12:35 #

      Obrigada você Abigail, bom domingo. Beijos.

  19. Maria Estela Rodrigues Nunes 14 de agosto de 2011 at 12:30 #

    Muito lindo.onde posso comprar?

    • Cris Turek 14 de agosto de 2011 at 12:31 #

      Maria Estela, entre em contato com a Solange através do email indicado no artigo. Beijos.

  20. maria jose zarzar 14 de agosto de 2011 at 12:12 #

    Emocionante esses trabalhos executados por pessoas habeis e sensiveis lindos maravilhosos

    • Cris Turek 14 de agosto de 2011 at 12:27 #

      Verdade Maria José, super emocionante conhecer essas histórias.

  21. licinia assis martins 13 de agosto de 2011 at 19:21 #

    São lindos, fiquei encantada

    • Cris Turek 14 de agosto de 2011 at 12:20 #

      Maravilhosas, né Licinia?

  22. MAGALI AP. PORTELLA DA SILVA 13 de agosto de 2011 at 9:41 #

    Oi amigas,
    adorei esse trabalho.
    Tenho uma dúvida que também pode ser de várias amigas, qual a diferença da renda turca e o nhanduti, é a mesma coisa.
    bjos,
    ótimo final de semana.
    Magali

    • Cris Turek 14 de agosto de 2011 at 12:15 #

      Xiii Magali, eu não sei explicar, mas voc6e pode escrever para a Solange que é entendida no assunto e pode esclarecer com certeza. Beijos.

  23. Andreia Frezarim 13 de agosto de 2011 at 8:43 #

    Olá Cris!!!
    Quanta delicadeza!!!Espero que consigam divulgar mais esta arte linda.O povo brasileiro é demais,muito criativo e se não tem ferramentas,improvisa.Parabéns a estas artesãs.Bjins e bom final de semana.

    • Cris Turek 14 de agosto de 2011 at 12:14 #

      Toda palavra de incentivo é bem-vinda Andreia, e esperamos mesmo que a arte não se perca.Beijos.

  24. Marcela - Irmãs Criativas 13 de agosto de 2011 at 2:03 #

    Olá Cris,
    Encontrei o seu blog e amei tudo o que encontrei por aqui. Muito lindo e organizado!! Já estou te seguindo e quero sempre te visitar no seu cantinho e acompanhar o seu trabalho.
    beijos e um lindo final de semana

    • Cris Turek 14 de agosto de 2011 at 11:46 #

      Seja bem-vinda Marcela, conheça mais da Vila e participe sempre pois adoramos novos amigos.

  25. thaiszuim 12 de agosto de 2011 at 20:45 #

    amei

    • Cris Turek 14 de agosto de 2011 at 11:43 #

      Obrigada Thais. Beijos.

  26. bel 12 de agosto de 2011 at 20:39 #

    Que trabalho maravilhoso, não sabia como era feito.
    Que bom que ainda temos pessoas preocupadas em partilhar, sem segredos.
    O valor do saber está no partilhar.
    bjs
    bel

    • Cris Turek 14 de agosto de 2011 at 11:42 #

      É a única forma de manteer a cultura viva, compartilhando. Teste Bel.

  27. Maria Goulart 12 de agosto de 2011 at 20:18 #

    Estou amando este Blog.
    Obrigada por aceitar-me.

    • Cris Turek 14 de agosto de 2011 at 11:40 #

      Adoramos sua companhia Maria. seja bem-vinda sempre.

Deixe uma resposta