São João em Monteiro na Paraíba, festa no interior


Fagulhas
Pontas de agulhas
Brilham estrelas
De São João…

Babados
Xotes e xaxados
Segura as pontas
Meu coração…

Voltei pessoal, da festa no interior. São João com fogueira, pamonha, milho assado e forró pé de serra. São João com a alegria do interior. Fomos até Monteiro, uma cidade no Cariri Ocidental da Paraíba, divisa com Pernambuco, que tem nessa época do ano um clima fresco que combina com as fogueiras de São João.




Monteiro fica a 319 Km de João Pessoa, e tem uma população estimada em torno dos 30 mil habitantes. Chega-se até lá primeiro pela BR 230 até Campina Grande, depois seguindo pela BR 412. A estrada está ótima e a viagem é fácil e agradável, cruzando por várias pequenas cidades. Tem linha de ônibus regular desde a capital.

Monteiro possui tradição de oferecer ao público bons músicos e bandas, entre eles está Flávio José, músico muito conhecido no estado, e Zabé da Loca. Por esse motivo as festas aqui são muito animadas e bastante tradicionais. Hoje em dia já encontramos o forró universitário entre as bandas preferidas, mas o pé de serra é um ritmo único e insubstituível.



Artesanatos de natal, aprenda agora


De cara, ao entrar na cidade, um parque de diversões em frente da igreja matriz, estava encantador com a roda-gigante e o carrosel. O arraial de Monteiro, com uma cobertura de bandeirinhas azuis salpicada de estrelas e balões de São João……nossa, lindo demais.




A festa toda acontece na praça da cidade, com camarotes e barracas com fachadas decoradas a caráter. As famílias sentam-se reunidas em mesas na calçada para curtir os festejos e todos se produzem muito para as noites de forró. Roupa nova, cabelos arrumados, meninas bem maquiadas e rapazes cheirosos. Achei isso muito bacana.



Tudo estava muito bem organizado, com barracas de comidas típicas afastadas da parte do show, facilitando a vida dos mais esfomeados. Eu simplesmente adorei o astral de uma verdadeira festa do interior, que atrai os moradores das cidades vizinhas e turistas que chegam de João Pessoa vindos de outros estados.



Gente, diferente de Campina Grande que possui uma mega estrutura de festa, Monteiro fascina pelos pequenos detalhes e cuidados para recepcionar bem seus visitantes. Se você gosta da festa de São João, mas prefere algo mais tranquilo, considere passear por essa cidade da próxima vez.


Esse ano a festa durou do dia 19 até o dia 29, encerrando com o show de Zezé Di Camargo e Luciano. Pena que não deu pra ficar e ver a transformação da cidade nesse último dia.

Amei essa festa do interior.

Ardia aquela fogueira
Que me esquentava
A vida inteira
Eterna noite
Sempre a primeira
Festa do Interior…

Fotos: Cris Turek e Marcelo Pereto. A foto da praça durante o dia é do blog Monteiro em Foco

Você vai gostar também de:

, , , ,

29 Respostas para: São João em Monteiro na Paraíba, festa no interior

  1. BARTOLOMEU MIRANDA 10 de novembro de 2013 at 18:53 #

    Em Recife, Olinda, Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Salvador, Florianópolis, Curitiba, Fortaleza, Londres, Roma, Paris, Buenos Ayres, Assunção, Goiânia, Vitória, e tantas outras grandes cidades, por mais charmosas que pareçam, lhes faltam a receptividade de NOSSA Monteiro.
    Nasci, morei até os 12 anos, meu pai é nome de rua (Rua Pedro Sola, mas nada irá tirar a sua tradição de ser cidade roteiro, dessa região serrana e de calor humano único.
    Por onde passei, em algum lugar desses lugares, deixei marcado o nome de nossa enorme Monteiro (olhem que são muitos os monumentos que carregam encravados MONTEIRO PB).

  2. ROSE 15 de janeiro de 2012 at 9:31 #

    monteiro minha terra natal, que saudades fazem 15 anos que não vou ai.

  3. valeria galdino da silva 2 de dezembro de 2011 at 14:29 #

    te amo monteiro faz onze anos que te deixei mas tu estas no meu coraçao amo voce e todos meus amigos que ai estao milhoes de beijos

  4. eduardo eletricista 31 de julho de 2011 at 20:06 #

    MONTEIRO É UMA GRANDE CIDADE RECEPTIVA PARA TURISTAS , POIS QUANDO SI FALA DE FORRÓÓÓ´, O CLIMA DO LOCAL E AS FESTA SÃO AS MELHORES DA PARAIBA, GENT FUI 1 VES SÓ NESTE LOCAL, PORQUE MINHA ESPOSA JANCI FLOR É DESTA CIDADE, SE PUDESSE MORAVA LÁ , I COMO , FESTAS ADIMIRAVEL , O PESSOAL QUE MORAM NA CIDADE SÃO MUITO PRESTATIVOS COM OS VISITANTES DE SÃO PAULO, GOSTEI MUITO DOS FORRO DE DEJINHA DE MONTEIRO E FIQUEI FÃ DE FLAVIO JOSÉ , ESSE FORROSEIRA CANTA MUITO , TEM UM GOGÓ AFIADO , TOCA UMA SAFONA COM O NINGUÉM, QUANDO FOR NOVAMENTE, VOU NOS SHOWS DELE COM CERTEZA, A FAMILIA DE MINHA ESPOSA É DE LÁ, GOSTEI MUITOOOO DE MONTEIRO, SINTO MUITA SAUDADE DE LOCAL ABRAÇOS AOS MONTEIRENSES FUIII.

    • Cris Turek 1 de agosto de 2011 at 10:24 #

      Realmente Eduardo, Monteiro é uma cidade muito bonita, eu também gostei demais.

  5. maria 26 de junho de 2011 at 21:09 #

    monteiro terra maravilhosa,ha 15 anos não vou la,mas irei se deus quizer.bjos! monteiro saudades.

    • Cris Turek 26 de junho de 2011 at 21:49 #

      Cidade pacata e muito bem cuidada. Gostei de conhecer, Maria.

  6. Rafaela 20 de junho de 2011 at 13:44 #

    Monteiro que saudade de vc Terra maravilhosa,
    Faz seis anos que não te vejo mais meu Coração é seu. Beijossssssss

    Rafaela

    • Cris Turek 20 de junho de 2011 at 16:41 #

      Que bacana Rafaela, adorei Monteiro, foram dias bem bacanas.

  7. valeria 13 de maio de 2011 at 8:24 #

    Sou paraibana da cidade de Campina Grande,moro em manaus a 14 anos.Conheço Monteiro é uma cidade linda.Parabéns ! Festa Junina é tudo de bom !!!!

    • Cris Turek 13 de maio de 2011 at 12:42 #

      Valeria, E Monteiro tem uma ótima tradição de festas juninas animadas e seguras. Beijos.

  8. doramos 22 de julho de 2010 at 11:06 #

    muinto bom ver monteiro,e uma cidade que estar grecendo muito que aprefeita continue trabalhando assin abraços para todos que deus esteja com todos!!!!!

    Obrigada por sua participacão. Parabéns aos realizadores da festa, estava linda mesmo.

  9. Maria Nabão 1 de julho de 2010 at 23:25 #

    Olá Pessoal da Vila do Artesão,
    Maravilhosa Cris,
    Bom diaaaaaaaaaaaaaaaa!!!
    Tudo bem com todos, espero……
    Em Ribeirão Preto tudo em ordem, poderia estar melhor se tivéssemos uma festa maravilhosa como essa em Monteiro na Paraíba, gostaria muito de conhecer o nosso Brasil que para mim é maravilhoso, mas se não posso ir pessoalmente, a Vila do Artesão me proporciona essas viagens e com datas comemorativas, e culturas que não podem jamais deixar de existir, espero um dia poder realizar o meu sonho e conhecer o nosso Brasil querido, enquanto isso a Cris nos leva a essas maravilhas.
    É o primeiro e-mail que abro nessa manhã, e com certeza já ganhei o meu dia!!!!!!!!!!
    ADOREIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII…………………
    Obrigada Cris e a todo o Pessoal da Vila do Artesão……………
    Beijos !!!!!!!!!!!!!!
    Maria Nabão !!.

    • Cris Turek 4 de julho de 2010 at 19:22 #

      Oi MAria, que bom ser sua companhia desde o início do dia. Fico pra lá de contente com isso.
      Amiga, se um dia tiver oportunidade, venha conhecer essas festas tradicionais.
      Valem muito o passeio. Beijocas.

  10. EDICEA 1 de julho de 2010 at 2:53 #

    CRIS, QUE INVEJINHA DE VC. AKI NO MEU ESTADO (rj) SAO POUCO OS LUGARES QUE AINDA PRESERVAM A TRADIÇÃO DAS FESTAS JUNINAS (TOMARA QUE ELAS NUNCA ACABEM POR AI) .VENDO ESSAS FOTOS RELEMBRAMOS COM SAUDADES NOSSA INFANCIA. AINDA BEM QUE TEMOS VC PARA NOS FAZER VIAJAR ATRAVES DE FOTOS E COMENTARIOS.QUE BOM QUE VC EXISTE. BJS

    • Cris Turek 2 de julho de 2010 at 0:06 #

      Edicea, com certeza aqui nessas bandas o São JoÃo vai durar pra sempre.
      Que bom que você gostou das imagens e das notícias.
      Curta bastante essa volta à infância. Beijocas.

  11. lene 30 de junho de 2010 at 9:39 #

    Eu sou do interior do ES,na minha cidade ainda temos o feriado de São João,temos também festa típica.Sendo assim todos os anos na minha rua acendemos uma fogueira,e partinhamos os comes e bebes,um bom bate papo,isso é ser feliz.

    • Cris Turek 1 de julho de 2010 at 23:45 #

      Você acertou em cheio Iene, isso é ser feliz. Beijo grande pra você.

  12. Rita de Cassia 29 de junho de 2010 at 12:52 #

    Cris, que bom que gosta de uma festa junina “de interior”. Já passei ótimas festas em Catende, onde nascí. Este ano estou meio tristonha por causa dos estragos das chuvas. Mas vai passar.
    E breve ntícias do Mangericão Italiano.
    bj

    • Cris Turek 29 de junho de 2010 at 21:29 #

      Rita, também estamos sentidos com o que tem acontecido em nossa região, mas acreditamos que a força de todos fará com que essa tristeza passe logo. E mande notícias do manjericão. Tô super curiosa, amiga. Beijos.

  13. carla 29 de junho de 2010 at 10:40 #

    QUERIDOS,
    APESAR DE AQUI NO SUL AS FESTAS JUNINAS NÃO SEREM TÃO TRADICIONAIS… (INFELIZMENTE)
    AMO ESSA ATMOSFERA INTERIORANA, SIMPLES E BELA. O MUNDO ANDA TÃO LOUCO NÉ? QUE DELICIA, CURTIR FESTAS ASSIM….PARECE QUE O TEMPO NÃO PARA.
    OBRIGADA PELAS LEMBRANÇAS.
    BJS
    CARLA

    • Cris Turek 29 de junho de 2010 at 21:29 #

      Carla, você acertou em cheio quando mencionou o clima de um tempo que passa calmamente. É bem assim mesmo, sem pressa, sem agonia, só alegria. Quando puder, venha conhecer. Beijos.

  14. Talma 29 de junho de 2010 at 9:05 #

    Cris, eu nunca tinha sentido como é MESMO uma festa junina, até passar uma dessas festas no nordeste. Minha primeira festa foi em Salvador, quando estávamos de férias. Era uma pequena festividade, mas mesmo sendo pequena, era enoooorme no tamanho, na criatividade, na decoração, nas músicas, nas comidas e na alegria do povo que participou. Aquilo me marcou.
    Agora, morando aqui em João Pessoa e vendo as fogueiras ardendo nas ruas da vizinhança, a gente vivencia isso mais de perto. Percebe-se o valor dessas festividades, aqui no nordeste.
    Sentirei saudades.
    Adorei a foto da cidade ( e da festa, claro) de Monteiro.
    ……………………………………..
    E José Paulo, muito linda ( triste, mas linda) a poesia de Manuel Bandeira.
    Particularmente, gosto muito desta: A estrela – que nada tem a ver com o tema em questão, mas é linda e eu amo de paixão.
    http://www.pensador.info/frase/NDUzODYx/
    Valeu!

    • Cris Turek 29 de junho de 2010 at 21:26 #

      Talma, é exatamente isso. No ano passado, aqui no litoral sul, eu vi tantas fogueiras, em todas as casas, de um jeito tão fervoroso de comemorar o São João, que fiquei emocionada e me rendi completamente ao costume da festa. Finalmente ess ano fui ao interior conhecer outra forma de comemoração e adorei. Tudo muito especial, há muita magia no ar. Também não vou esquecer essa experiência. E a sua poesia também é triste, ou melhor de uma certa melancolia.
      Mas belíssima, amiga.
      Beijo muito grande.

  15. Débora Escobar 28 de junho de 2010 at 23:55 #

    Oi Cris, que linda festa! Adoro festas juninas e esse clima que elas trazem. Muito legal!
    Beijo
    Débora

    • Cris Turek 29 de junho de 2010 at 21:22 #

      Lucia Amelia e Débora, garanto pra vocês que não há como não soltar o corpo no ritmo descontraído do forró e na simplicidade dos costumes. Quando vemos estamos envolvidas completamente. Beijos pra vocês.

  16. lucia amelia 28 de junho de 2010 at 23:19 #

    querida cris passei a minha adolecencia faz tempo rsrsrsrsrsrs no interior da bahia juazeiro e era tao bom vc deve se divertido bastante bjos

  17. José Paulo 28 de junho de 2010 at 22:04 #

    Minha cara, Turek.

    Vendo as fotos da festa junina da cidade de Monteiro, é inevitável lembrar do tempo em que, criança, via as quadrilhas, comia milho cozido e angu… Hoje, tudo isso são apenas reminiscências… Por isso, faço questão de deixar aqui, nesse espaço, um poema do Grande Manuel Bandeira, sobre festa junina. Espero que os leitores apreciem.

    PROFUNDAMENTE.

    Quando ontem adormeci
    Na noite de São João
    Havia alegria e rumor
    Estrondos de bombas luzes de Bengala
    Vozes, cantigas e risos
    Ao pé das fogueiras acesas.

    No meio da noite despertei
    Não ouvi mais vozes nem risos
    Apenas balões
    Passavam, errantes

    Silenciosamente
    Apenas de vez em quando
    O ruído de um bonde
    Cortava o silêncio
    Como um túnel.
    Onde estavam os que há pouco
    Dançavam
    Cantavam
    E riam
    Ao pé das fogueiras acesas?

    — Estavam todos dormindo
    Estavam todos deitados
    Dormindo
    Profundamente.

    *

    Quando eu tinha seis anos
    Não pude ver o fim da festa de São João
    Porque adormeci

    Hoje não ouço mais as vozes daquele tempo
    Minha avó
    Meu avô
    Totônio Rodrigues
    Tomásia
    Rosa
    Onde estão todos eles?

    — Estão todos dormindo
    Estão todos deitados
    Dormindo
    Profundamente.

    • Cris Turek 28 de junho de 2010 at 22:06 #

      Que lindo José. Também senti um ar nostálgico lá em Monteiro, também pelo astral da cidade. Essas experiências são muito especiais.
      Fico feliz em saber que em muitos lugares desse país, as antigas tradições seguem preservadas. Um grande abraço.

Deixe uma resposta