Tipos de café

Grãos de Café

Café tradicional
São os mais comuns. Podem ser formados por diferentes espécies de grão, a torra geralmente é escura e o gosto não é muito adocicado. O equilíbrio (doçura e amargura) é variável.

Café superior
Apresenta certa flexibilidade no blend (mistura de grãos), podendo ter até 20% da variedade robusta ou conilon, mais utilizada em cafés solúveis. A torra não é muito escura, e o sabor é suave, porém mais amargo que o do gourmet.

Gourmet ou especial*
É produzido com 100% de grãos arábica, considerado o mais nobre dos cafés. Produz uma bebida normalmente mais doce, chegando muitas vezes a dispensar o uso de açúcar. O aroma e o sabor podem lembrar cereais torrados, flores, frutas ou achocolatados. São encontrados geralmente em embalagens valvuladas, com mecanismos interno que impede a saída dos gases do café e a entrada de ar. A torra varia de moderadamente clara a moderadamente escura.

Café aromatizado
Contém aromatizante de amêndoa, chocolate com trufas, creme irlandês, menta, canela, damasco, entre outros.

Café funcional
Fazem parte desse grupo os descafeinados, com baixo teor de cafeína, os orgânicos, produzidos sem uso de agrotóxicos e sem prejudicar o ambiente.

Café inovador*
Levam esse título os cafés do tipo cappuccino, “mocaccino” (café quente, com espuma de leite e um bombom de chocolate sem recheio ou tablete de chocolate meio amargo), gelado, entre outros.

Fonte: Sindicafé-SP

,

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta